Alison dos Santos busca medalha em uma das provas mais fortes do atletismo em Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Alison dos Santos busca medalha em uma das provas mais fortes do atletismo em Tóquio 2020

Compartilhe

O barreirista Alison dos Santos, o Piu, tem sido o principal destaque do atletismo brasileiro em 2021. Correndo os 400 metros com barreiras, o atleta fez competições contra os melhores do mundo, acumulando algumas vitórias e bons tempos, incluindo duas quebras do recorde sul-americano da prova.

Os 400 metros com barreiras tem tudo para ser a final com nível técnico mais forte do atletismo em Tóquio 2020. Além de Alison, a prova também tem o norueguês Karsten Warholm - que quebrou o recorde mundial que durava 29 anos no começo do mês - e o norte-americano Rai Benjamin, dono do terceiro melhor tempo da história. Mas a concorrência incentiva Alison a ir ainda mais longe.

“Competi bastante contra o Warholm e o Benjamin, que são pessoas incríveis dentro e fora da pista, e, pelo cenário, deve ser uma das finais mais fortes da atletismo e eu estou feliz de ajudar a prova a ser mais forte. Daqui alguns anos eu vou poder dizer que participei da época mais forte dos 400m com barreiras”, comentou o atleta em entrevista coletiva.

Alison está em Saitama, cerca de 30km de Tóquio, onde a equipe brasileira de atletismo está fazendo sua aclimatação. Apesar do forte calor, que vem sendo alvo de reclamações de vários atletas, Piu diz que o principal problema é a adaptação ao fuso horário.

A final dos 400 metros com barreiras está marcada para o dia 3 de agosto à 0h20 (horário de Brasília). O plano de Alison, é se popuar nas primeiras fases da competição, para estar 100% fisicamente na briga das medalhas. “São 3 tiros e isso cansa muito o atleta. Minha estratégia é otimizar os gastos energéticos na  eliminatória e na semifinal, para chegar na final e brigar por um resultado muito bom”, afirmou.

Foto: Wander Roberto/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário