Bia Haddad passa por cirurgia na mão e deve retornar aos treinos em 6 semanas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Bia Haddad passa por cirurgia na mão e deve retornar aos treinos em 6 semanas

Compartilhe


Principal tenista de simples do Brasil, Beatriz Haddad Maia foi submetida a uma cirurgia na mão esquerda na quarta-feira (18), em São Paulo, e deve retomar os treinos daqui a seis semanas. Será a quarta vez que a tenista de 24 anos passará por um procedimento cirúrgico em sua carreira.


"É algo que nem eu, nem minha equipe e nem minha família tínhamos controle. A vida nos surpreende e vou encarar mais essa pedrinha no caminho com as pessoas que eu amo", disse a ex-número 1 do Brasil ao Estadão


A cirurgia vai reparar uma lesão óssea na falange proximal do dedo médio da mão esquerda da tenista. "Faremos uma ressecção da lesão e tratamento com enxerto ósseo. A lesão, ao que tudo indica, é um encrondoma e aguardaremos o exame anato patológico para ter a confirmação", explicou o médico Rames Mattar, responsável pelo procedimento.


Mattar evitou apontar uma data exata para o retorno de Bia aos treinos, mas sua equipe prevê um período de seis semanas de recuperação física. "Em alguns dias já começarei a fisioterapia, retorno também a parte física e devo poder até pegar na raquete, para depois gradualmente começar a pré-temporada para me preparar para 2021."


A tenista começou a sentir dores na mão quando disputava sua primeira série de torneios, em seu retorno às quadras, após cumprir suspensão por doping e depois da paralisação do circuito causada pela pandemia do novo coronavírus.


No começo de setembro, ela disputou seu primeiro torneio oficial após treze meses. Em Portugal, venceu quatro competições - Funchal, Porto, Santarém e Montemor-o-Novo - e obteve bons resultados também em duplas. Foi durante esta sequência de torneios que surgiram as dores na mão.


Apesar dos 24 anos de idade, Bia fará a sua quarta cirurgia. Antes, foi submetida a intervenções no ombro e nas costas, esta a mais recente. A tenista, atual número 378 do mundo, já enfrentou outras lesões nos últimos anos, porém sem a necessidade de operação.


foto: Tennis Australia

Com informações de Estadão conteúdo


Nenhum comentário:

Postar um comentário