Maratona de Viena é adiada para setembro de 2021 depois do aumento de casos de coronavírus na Áustria. - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Maratona de Viena é adiada para setembro de 2021 depois do aumento de casos de coronavírus na Áustria.

Compartilhe

A Maratona da Cidade de Viena foi adiada novamente, de abril para 12 setembro de 2021, por causa da pandemia do novo coronavírus. As inscrições para a maratona, meia maratona e revezamento estão programadas para abrir em breve.

Quem se inscreveu para o evento deste ano, cancelado por conta da crise mundial de saúde, pode permanecer inscrito, se quiser. Os organizadores afirmaram que adiar a corrida daria "confiabilidade e segurança de planejamento".

"Nosso objetivo é tornar a Maratona da Cidade de Viena segura e envolvente", disse o diretor da prova, Wolfgang Konrad. “No entanto, não podemos realizar o extenso trabalho conceitual e preparatório para a maratona em condições desconhecidas e mutáveis.

“Queremos organizar eventos de corrida e faremos isso de acordo com as regras atuais. Para a Maratona da Cidade de Viena, no entanto, transferir o evento para setembro é mais realista". Os casos de coronavírus na Áustria dobraram nas últimas duas semanas e novas medidas estão sendo introduzidas para conter a disseminação. O país notificou mais de 37.400 casos e 765 mortes no total.

"É claro que, devido à pandemia Covid-19, eventos como a Maratona da Cidade de Viena têm que enfrentar grandes desafios", disse o prefeito de Viena, Michael Ludwig. “No entanto, à luz da pandemia, a realização do evento em setembro de 2021 oferece uma perspectiva clara. Esperamos que a maratona possa ser realizada nesta nova data."

A Maratona da Cidade de Viena é um evento anual desde 1984. Getu Feleke, da Etiópia, estabeleceu o recorde masculino do percurso de 2 horas e 5 minutos e 41 segundos em 2014, enquanto a queniana Nancy Kiprop estabeleceu o recorde feminino de 2:22:12 no ano passado.

Foto: Lusa

Nenhum comentário:

Postar um comentário