Colunista alemão diz que Bach deveria afastar-se da Presidência do COI - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Colunista alemão diz que Bach deveria afastar-se da Presidência do COI

Compartilhe

Apesar de ser alemão - ou justamente por conta disso - o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach é constante alvo de críticas na imprensa alemã. Em sua coluna no Sport1 repercutindo o adiamento dos Jogos de Tóquio-2020, o jornalista Martin van de Flierdt pediu o afastamento de Bach do COI.

Após reclamar que o Comitê liderado por Bach demorou bastante para tomar a decisão, acreditando que o adiamento deveria já ter sido anunciado no domingo, van de Flierdt apontou o pedido do Comitê Olímpico e Paralímpico dos EUA (USOPC) como decisivo para “trazer a razão a Bach”.

O jornalista ainda comenta que o medalhista de ouro por equipes na disputa do Sabre dos Jogos Olímpicos de Montreal-1976 sai desta crise com sua imagem “patética”. Ele ainda cita Clemens Prokop, presidente da Federação Alemã de Atletismo entre 2001 e 2017, que teria dito que “já há algum tempo Thomas Bach perdeu o controle da situação”;

O jornalista da Sport1 terminou seu artigo concordando efusivamente com Prokop e apontando que “a posição de Bach como presidente do COI não é mais sustentável”.

O antigo esgrimista foi eleito para um período de oito anos em 2013, na mesma sessão de Buenos Aires que revelou Tóquio como sede dos Jogos Olímpicos em Tóquio e sua popularidade no meio olímpico deverá ser testada na eleição de 2021, onde ele tem o direito de tentar uma reeleição pra um período de seis anos adicionais.

Foto: Divulgação / COI

Nenhum comentário:

Postar um comentário