5 anos de Surto Olímpico: Um novo ciclo com novas expectativas - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

5 anos de Surto Olímpico: Um novo ciclo com novas expectativas

Compartilhe
O Surto completa nesta segunda-feira (26) cinco anos de existência em um ano que foi o mais movimentado na história do país e do site, pois pela primeira vez estivemos in loco no nosso "Prato Principal": os Jogos Olímpicos.

O ano de 2016 marcou a primeira vez que os Jogos Olímpicos estiveram na América do Sul, e em um país de língua portuguesa, com os Jogos da XXXI Olimpíada tendo sido realizados no Rio de Janeiro. Mas para a gente Olimpíada não é novidade. 

Cobrir os Jogos não foi novidade para nós do Surto, uma vez que cobrimos Londres 2012 e Sochi 2014, mas desta vez tivemos a chance de estar no local e, não só como telespectadores, o site conseguiu a sua credencial para poder conferir ainda mais de perto os Jogos. Ver Bolt, Phelps, Neymar, Zanetti entre outros 11 mil atletas de altíssimo nível competindo na nossa casa foi algo fantástico.
O site chegou a visualizações expressivas em agosto, batendo todos os seus recordes de visualização obtidos até então (mais de 138 mil visitantes em agosto, recorde absoluto do site). A resposta no Twitter durante os Jogos Olímpicos, assim como os Paralímpicos, foi bastante positivo, enchendo a todos de alegria.

Passaram-se os Jogos e, assim como depois de toda a Olimpíada, o ciclo se fecha, isso também serviu pra nós com a saída do Rodrigo Huk do Surto. Mas também um ciclo novo em folha se abriu, com a chegada do Luiz Guilherme Romagnoli e do Julio Cesar para encorpar a equipe, que também permanece com Marcos Antônio e Felipe Andrade.

Depois do mundo ter se virado para nós e ter vindo até nós, chegou a hora de preparar os espíritos e o café forte, porque as próximas duas Olimpíadas vão ser de madrugada: Pyeongchang 2018 (Inverno)  na Coreia do Sul e Tóquio 2020 no Japão, trazendo grandes expectativas do outro lado do mundo.
Esquerda para a direita na Redação provisória do Rio: Rodrigo Huk, Marcos Antônio, Felipe Andrade e Regys Silva

Obrigado a todos que fizeram parte e já colaboraram com o Surto, a todos que seguem o Surto desde o seu inicio e também aos que chegaram recentemente durante os Jogos de 2016. Os Jogos Olímpicos seguem aqui, o tempo todo, todo o tempo, pois o Surto nunca para!!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário