Eliud Kipchoge e Dalilah Muhammad são eleitos os Melhores do Ano pela World Athletics


Eliud Kipchoge, o primeiro homem a completar uma maratona em menos de duas horas, e Dalilah Muhammad, campeã no Mundia Doha 2019, quebrando duas vezes o recorde mundial dos 400m com obstáculos foram nomeados respectivamente como o atleta masculino e feminino no World Athletics Awards 2019.

Eleito em 2018, Kipchoge leva a honraria depois de repetir o título na Maratona de Londres, além de quebrar a barreira das 2h no INEOS 1:59 em Viena. Apesar do feito não contar para os registros oficiais, foi uma demonstração de esforço e resistência humana ao quebrar uma marca tão simbólico, feito este comparado à primeira pisada do homem na Lua, em 1969.

"Espero ter inspirado uma geração mais jovem", disse Kipchoge, que não pôde comparecer à cerimônia, em transmissão ao vivo. Além disso, o queniano homenageou a equipe que esteve empenhada permitindo ao atleta a conquista, desde os corredores que o acompanharam ao longo do trajeto até toda preparação do percurso ideal a ser feito: "Foi um sucesso maciço e mutuamente".

A estadunidense Muhammad quebrou o recorde mundial pela primeira vez no Estados Unidos, mesmo tendo se lesionado 10 dias antes, com o tempo 52,20 segundos, batendo a marca de 52,34s de Yuliya Pechonkina em 2003. No Mundial de Doha 2019, a atleta abaixou ainda mais o tempo chegando a completar a prova em 52,16s, levando a medalha de ouro. "Foi um ano difícil, mas acabo de chegar em casa de forma excelente", disse ela.

O prêmio Rising Star, para atletas com menos de 20 anos, foi concedido dentre os homens ao etíope Selemon Barega, para nos 5.000m em Doha "No ano passado, eu estava entre os cinco primeiros deste prêmio e isso me incentivou a ganhar o prêmio no ano passado", disse o adolescente. "Gostaria de agradecer a todos os apoiadores de Doha, que me empurraram para a medalha de prata".

Pelas mulheres, o prêmio foi para a ucraniana Yaroslava Mahuchikh, medalha no salto em altura com o recorde mundial em atletas com menos de 20 anos, com a altura de 2,04m. Obrigado a todos que me apoiam e acreditam em mim", disse Mahuchikh. "Eu nunca imaginei que levaria a medalha de prata em Doha".

Foto: @Netwerk24Sport

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes