Com astral lá em cima, Seleção feminina de Basquete inicia treinos para o Pré-Olímpico das Américas


Foi dada a largada. Com o astral lá em cima, as meninas da seleção brasileira se apresentaram nesta sexta-feira, 1º de novembro, e já começaram a trabalhar. Sob o comando do técnico José Neto, o grupo realizou o primeiro treino na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra, e segue a preparação no Rio de Janeiro até o dia 11, quando viaja para Bahía Blanca, na Argentina, palco do Pré-Olímpico das Américas. No primeiro dia de trabalho, 13 atletas que atuam no Brasil se apresentaram. As que atuam fora do país (Damiris, Érika, Clarissa e Stephanie) se juntam ao grupo nos próximos dias.

- Agora o trabalho é visando o Pré-Olímpico das Américas, uma competição dura, mas estaremos preparados para enfrentar essas dificuldades. As meninas estão super bem e prontas para enfrentar esse desafio. Acredito que vamos conseguir a vaga para o Pré-Olímpico Mundial - disse o técnico José Neto.

Os treinos no Parque Olímpico da Barra, em uma das arenas da Rio 2016, é uma parceria entre o Comitê Olímpico do Brasil e a Confederação Brasileira de Basketball. As jogadoras estão hospedadas em frente ao Parque e terão o mínimo deslocamento até o local dos treinos. Os trabalhos de força serão no CT do Time Brasil, no Parque Maria Lenk, ao lado da Arena Carioca 2. Assim, toda a logística deixará o time em condições ideais para trabalhar.

- Se eu tivesse que pedir as condições perfeitas, seriam essas. A CBB está de parabéns, junto ao COB, por nos proporcionar essa possibilidade de treino, praticamente sem deslocamento, e com uma arena inteira e um piso montado só para o nosso trabalho - completou o técnico José Neto.

As atividades seguem neste sábado, 2 de novembro, pela manhã. Antes do primeiro treino, a Gerente Técnica da seleção feminina, Adriana Santos, campeã mundial com o Brasil em 1994, falou da importância do Pré-Olímpico das Américas, caminho obrigatório do Brasil para Tóquio 2020. Durante a reunião, o diretor executivo da CBB, Marcelo Sousa, e o coordenador Bruno Valentin também conversaram com as meninas.

- Essa seleção sabe a responsabilidade desse campeonato e tem apresentado resultado. Essas conquistas recentes aumentam nossa responsabilidade e a expectativa em cima delas, mas tenho certeza que todas estão preparadas - disse Adriana.

O Brasil encara no Pré-Olímpico aos Estados Unidos na estreia, no dia 14 de novembro. Depois, pega a Colômbia, no dia 16, e a Argentina no dia 17. Como as americanas estão classificadas para Tóquio, o Brasil precisa ser melhor que colombianas e argentinas para se classificar para o Pré-Olímpico Mundial, que acontece em fevereiro do ano que vem. As meninas são as atuais campeãs Pan-Americanas e bronze na AmeriCup.

Foto^CBB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes