Atleta paralímpica faz 'vaquinha' online para fazer operação a tempo de disputar seletiva para Tóquio



A nadadora paralímpica da categoria S10 Mariana Gesteira, dona de oito medalhas parapan-americanas (três em Toronto e cinco em Lima e finalista dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, iniciou nas suas redes sociais uma 'vaquinha' online em busca de conseguir fazer uma operação de emergência por conta de um fibrose.

Mariana, de 24 anos, tem a síndrome de Arnold-Chiari, uma má-formação do sistema nervoso central que afeta a coordenação e equilíbrio e que foi descoberta quando ela tinha 14 anos. Ela precisou fazer uma operação de emergência e após ter complicações no pós-operatório, fez outra cirurgia reparadora.

Após as operações ela voltou a competir, agora entre os atletas paralímpicos, mas após 2016 ela voltou a sintomas e recentemente, ela teve um desmaio e após exames, foi detectada a fibrose no local da cirurgia que Essa fibrose impede a passagem do liquor (como um cano entupido), que faz aumentar a pressão intracraniana.

No texto de descrição da 'vaquinha', a mãe de Mariana explica que ela "só de se abaixar, trocar uma roupa, os sintomas se intensificam. Então, treinar, esforço máximo, está fora de questão, pois se desmaiar de novo, pode não acordar mais. "

A operação, que colocará uma válvula no local, tem um alto custo e por isso a atleta resolveu pedir essa ajuda online para poder fazer a operação a tempo de estar apta para a seletiva dos Jogos paralímpicos de 2020, que será em março.

Para quem puder ajudar a atleta, o link da vaquinha online dela é este:

foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes