Atleta de Gâmbia busca fundos para ser o primeiro representante do país em Olimpíadas de Inverno


O atleta de skeleton Amadou Krubally se lançou numa corrida para arrecada fundos e se tornar o primeiro esportista de Gâmbia em Jogos Olímpicos de Inverno, já na próxima edição Pequim 2022. Krubally busca arrecadar €15 mil (R$69 mil) através da plataforma de financiamento coletivo GoFoundMe.

"Estou sonhando com o meu país, a Gâmbia, para competir pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 em Pequim", escreve Krubally na página do GoFundMe. "Decidi fazer o skeleton, o que significa me jogar em um canal de gelo em uma prancha pequena, de frente. Me ajude a escrever história" ressaltou o esportista.

"Eu fundei a IceGambia, uma federação que me permite ser membro da organização oficial de bobsled e skeleton." Apesar dos feitos, o principal problema de Krubally é a falta de fundos para este ano. "Com € 15.000 eu posso fazer a temporada inteira (Copa da Europa / Copa Internacional) e me qualificar para os Jogos Olímpicos de Inverno".

O país africano envia atletas em todos os Jogos Olímpicos de Verão, desde Los Angeles 1984, mas ainda não teve participação nas edições de inverno dos Jogos. Em Pequim 2022, o distrito de Yanqing receberá as competições de Xiaohaituo Bobsleigh, Skeleton and Luge Track com o torneio de teste sendo realizado no próximo ano.

Foto GoFoundMe

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes