Mundial de Esportes Aquáticos 2019 - Dia 14


O destaque do Brasil no Mundial de Esportes Aquáticos, em Gwangju (KOR) nesta quinta-feira (25) foi a prata de Etiene Medeiros nos 50m Costas.

NATAÇÃO
Medeiros, campeã mundial em 2017, não conseguiu defender o título ao ficar com a prata nos 50m Costas com a marca de 27.44s. O ouro foi para Olivia Smolga (USA).

Quem passou perto da medalha foi Marcelo Chiereghini nos 100m Livres, com a marca de 47.95 na 5ª colocação, enquanto Breno Correia terminou em 8º, com 48.90s. Caeleb Dressel (USA) levou o ouro.

Caio Pumputis teve mais uma prova desastrosa e acabou desqualificado da sua bateria nos 200m Peito. Já Leonardo de Deus foi apenas o 22º colocado nos 200m Costas e também não avançou para as semifinais.

Recorde mundial igualado
A prova de destaque desta quinta foram nas semifinais dos 200m Peito masculino, Matt Wilson (AUS) igualou o recorde mundial, que é a marca de 2:06.67.

Nas outras finais, Daiya Seto (JPN) venceu os 200m Medley masculino com a marca de 1:56.14.

Já na prova dos 4x200m Livres feminino, o ouro foi para a Austrália, com direito a recorde mundial com o tempo de 7:41.50, superando os Estados Unidos que contaram com o retorno de Katie Ledecky (USA) as piscinas.

Boglarga Kapas (HUN) faturou o ouro nos 200m Borboleta, com 2:06.78.

QUADRO DE MEDALHAS
A China mantém a ponta no quadro com 16 ouros (29 no total), mantendo a Rússia em segundo com 9 ouros (21 no total).

A Austrália segue em 3º lugar, com 6 ouros (14 medalhas no total).

O Brasil mantém o 10º lugar com 6 medalhas: 2 ouros de Ana Marcela na Maratona Aquática, 2 prata, com Felipe Lima nos 50m Peito e Etiene Medeiros nos 50m Costas, e mais 2 bronzes, com Nicholas Santos nos 50m Borboleta e João Gomes Junior nos 50m Peito.

Foto: Sátiro Sodré/Rede do Esporte


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes