Com entrada triunfal das porta-bandeiras Martine Grael e Kahena Kunze, Lima abre oficialmente seus Jogos Pan-americanos



Estão abertos oficialmente os Jogos Pan-americanos Lima 2019. Na noite desta sexta-feira, 26 de julho, mais de 50 mil espectadores acompanharam a cerimônia de abertura no Estádio Nacional do Peru, que apresentou um pouco das tradições locais e teve como destaque brasileiro o ineditismo de duas porta-bandeiras no desfile dos atletas: as velejadoras campeãs olímpicas Kahena Kunze e Martine Grael, da classe 49erFX.

Logo na contagem regressiva para o início da cerimônia, o Comitê Organizador homenageou todas as cidades-sede do Pan, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro, que receberam os Jogos em 1963 e 2007, respectivamente. Depois, apresentações típicas e a música oficial “Jugamos Todos” ditaram o tom da festa.

Às 21h35 (horário de Brasília), teve início o desfile de atletas, e o Brasil foi a nona das 41 delegações a entrarem no estádio. Uma entrada triunfal, por sinal, com Kahena carregando Martine nos ombros, surpreendendo a todos os presentes. Enquanto isso, a montanha erguida no palco exibia a imagem do Pão de Açúcar, um dos cartões-postais brasileiros.

“Foi muito rápido. Gostaria de voltar um pouco, nem deu para ver o pessoal. Meu coração está acelerado até agora. O rapaz da entrada não entendeu que éramos duas porta-bandeiras e quis bloquear a Martine. Tínhamos que inovar, né? Somos criativas. A mulherada estava animada, rolou até uma ola”, falou Kahena.

“Estamos aqui para representar todos os atletas que não puderam estar presentes porque competem amanhã. Foi bonito, vai ficar para a história. Essa memória ficará marcada para a minha vida. Vamos levar muita energia daqui para a competição”, declarou Martine, que havia visto seu pai, Torben, ser porta-bandeira nos Jogos Olímpicos Atenas 2004.
Além das velejadoras, o Time Brasil foi representado por atletas de outros 12 esportes: badminton, basquete 3x3, ciclismo mountain bike, hipismo, levantamento de pesos, nado artístico, pentatlo moderno, rugby de 7, squash, surfe, tiro esportivo e vôlei de praia. Ao todo, mais de 110 integrantes da delegação brasileira participaram da festa.
Após novas apresentações artísticas que remeteram à cultura peruana, a cerimônia se encerrou com dois dos momentos mais aguardados da festa: o acendimento da pira pan-americana pela lenda do esporte peruano, a ex-jogadora Cecilia Tait e a apresentação musical do cantor porto-riquenho Luis Fonsi, do mega hit 'Despacito'.

O Time Brasil possui a quinta maior delegação dos Jogos, com 484 atletas (248 homens e 236 mulheres). O principal objetivo da equipe nos Jogos Pan-americanos é classificar o maior número de atletas para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Ao todo, 22 modalidades distribuirão vagas diretas ou contarão pontos para o ranking mundial. 

fotos: Wander Roberto/ COB e María Delgado/Surto Olímpico

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes