Pernambucano marca duas vezes e Brasil vence a Colômbia no Campeonato das Américas de futebol de 5


A Seleção Brasileira de futebol de 5 conquistou a primeira vitória no Campeonato das Américas da modalidade, realizado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Na manhã desta quarta-feira, 5, a equipe nacional aplicou 3 a 0 na Colômbia, com dois gols do ala pernambucano Nonato, no segundo tempo. O baiano Gledson abriu o marcador.

O Brasil soma, agora, quatro pontos na competição. Na estreia, na manhã de terça-feira, também no CT Paralímpico, o selecionado do técnico Fábio Vasconcelos empatou sem gols com a Argentina. Na terceira rodada, a partir das 16h30 da quinta-feira, o desafio será contra o Peru.

O campeonato reúne também as equipes do México, Peru e Chile no CT Paralímpico. Todos jogam contra todos na primeira fase, os dois melhores avançam à final, no domingo às 11h. O campeão garante vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. O Brasil é o atual campeão mundial, título conquistado em Madri, Espanha, em 2018, e já está confirmado no mega-evento na capital japonesa no próximo ano. Caso o Brasil confirme o favoritismo e conquiste o título, quem garante o posto nos Jogos 2020 será o vice-campeão.

O resultado do duelo desta quarta-feira é idêntico ao do último encontro entre brasileiros e colombianos. No Mundial da modalidade, em junho do ano passado, em Madri, a Seleção também aplicou 3 a 0, coincidentemente com gols de Gledson e Nonato. Ricardinho completou o placar na ocasião.

“Era um jogo muito importante, a Colômbia é muito perigosa, tem jogadores que dão muito trabalho no ataque. Se a gente perdesse hoje [esta quarta-feira] aqui, não teria condições de fazer a final no domingo, por isso, foi uma decisão. Mas a gente sabia que eles não têm um banco de reservas à altura, por isso foi importante rodar o elenco em campo, porque a Colômbia foi se cansando com o decorrer da partida, e a gente conseguiu esta vitória”, disse o técnico da Seleção.

No duelo da Copa América, o Brasil começou com Luan no gol, Cássio, Thiago Paraná, Nonato e Ricardinho. Gledson foi o responsável por abrir o placar. No 11º do primeiro tempo, ele brigou pela bola na intermediária colombiana, puxou para o pé esquerdo e bateu forte à meia altura, o goleiro não foi capaz de segurar.

"Foi muito gratificante poder marcar o primeiro gol, sabemos que os jogos são difíceis e aquele primeiro gol trouxe mais tranquilidade para nós e eu fui premiado em poder marcar", disse Gledson, carinhosamente chamado de Gueguêu pelos companheiros de equipe.

A Colômbia não se intimidou e lançou-se ao ataque na segunda etapa. Mas o Brasil mostrou segurança na defesa comandada por Cássio. Foi dos pés dele que saiu o passe que originou o segundo gol dos anfitriões. Ele encontrou Nonato na entrada da área rival, ele girou sobre o defensor colombiano, rolou para o pé esquerdo e bateu pro fundo das redes para fazer 2 a 0, com mais uma contribuição do goleiro Willian Andres Correa, restando três minutos pro fim do jogo.

Ainda sobrou tempo para mais um do ala de Petrolina, interior de Pernambuco, que representa a Agafuc-RS no campeonato brasileiro. E foi o gol mais bonito. Ele saiu da linha de fundo, tirou dois marcadores com uma finta e bateu de pé direito no canto superior de Correa, que pelo menos desta vez não teve culpa no gol. Final de jogo: Brasil 3 a 0 na Colômbia.

“Tentei dar o meu melhor e com o apoio do time todo eu consegui marcar esses dois gols. Fico muito feliz por ter ajudado a equipe a dar este passo importante no campeonato. A gente precisa se manter firme nos próximos jogos para conseguir mais vitórias e chegar à final", disse Nonato.

Foto: CPB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes