Equipe de Atletismo abre preparativos do Brasil visando Tóquio 2020


Os Jogos Olímpicos de Tóquio são apenas em 2020, mas o Brasil já está no Japão. Desde a última quarta-feira, dia 1º, alguns dos mais rápidos velocistas do atletismo nacional iniciaram um período de treinamentos na Universidade de Rikkyo, em Saitama, inaugurando a preparação do Brasil no país asiático no ano pré-olímpico. 

Assim como já aconteceu no ano passado, ao longo de 2019 atletas de outras oito modalidades estarão no Japão para testarem as bases de apoio montadas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) para melhor adaptação ao clima e ao fuso horário do país. No total, o Brasil terá oito locais de suporte para serem utilizados antes e durante os Jogos Olímpicos.

“Chegamos a um ano-chave em nosso planejamento para os Jogos Olímpicos de Tóquio e por isso é fundamental levarmos nossos atletas com o máximo de antecedência para testar as bases de apoio do COB no Japão. Ofereceremos ao Time Brasil a melhor estrutura possível e acreditamos que a adaptação será muito boa. Competir do outro lado do mundo tem inúmeros desafios, mas estamos nos antecipando para que durante os Jogos nossos atletas tenham condições de apresentarem suas melhores performances da vida”, afirmou o diretor de Esportes do COB, Jorge Bichara.

O atletismo fica em Saitama por dez dias na preparação final para o Mundial de Revezamento, que acontecerá em Yokohama nos dias 11 e 12 de maio. O local onde 16 velocistas do país treinarão será a principal base de apoio do Time Brasil no Japão. A previsão é de que cerca de 120 atletas de dez modalidades utilizem a instalação em 2020.

Desde o ano passado, o Time Brasil já está treinando com frequência no Japão. Em 2018, seis diferentes modalidades testaram as bases no país. O COB oferecerá o mesmo nível de serviço em todos os locais e realizará ações de engajamento com a comunidade local e a brasileira que reside no Japão. A primeira de 2019 aconteceu nesta quarta, quando a prefeitura de Saitama deu boas-vindas aos atletas brasileiros. O evento contou com a presença de cerca de 100 crianças entre 9 e 15 anos, que participaram de clínicas de atletismo, sessão de perguntas para os atletas do Brasil e ainda conheceram o Ginga, mascote do Time Brasil.  

Para Tóquio 2020, além de toda estrutura para treinamento e recuperação dos atletas, o COB dará uma atenção especial à questão da alimentação. Nas principais bases de apoio do Time Brasil haverá culinária brasileira para que o atleta se sinta em casa no Japão. Um profissional brasileiro já atende as delegações brasileiras no país e lidera um processo de treinamento de cozinheiros japoneses.

O fuso horário é um dos principais fatores que está sendo levado em conta no planejamento do COB para os Jogos Olímpicos de 2020. O clima quente de Tóquio nesta época do ano é outro ponto de atenção que já está sendo trabalhado pelo COB. As oito bases de apoio do Time Brasil farão de Tóquio 2020 a operação mais complexa da história olímpica brasileira.

Em 2020, antes mesmo da abertura dos Jogos Olímpicos, os atletas brasileiros terão à disposição bases em Chiba, Enoshima, Hamamatsu, Sagamihara, Saitama, Ota, Koto e Chuo, esta última bem perto da Vila Olímpica. 

Calendário de treinamentos do Time Brasil no Japão em 2019 (sujeito a atualizações ao longo do ano)
Atletismo – Saitama – até 08/05
Maratonas Aquáticas – Saitama – 03/07 a 09/07
Natação – Sagamihara – 11/07 a 18/07
Triatlo – Sagamihara – 02/08 a 12/08
Vela – Enoshima – 01/07 a 03/09
Judô – Hamamatsu – 14/08 a 24/08
Karatê – Saitama – 26/08 a 04/09
Vôlei masculino – Ota – 25/09 a 29/09
Handebol feminino – Ota – 18/11 a 29/11

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes