Brasil fatura três medalhas no Grand Prix de Judô Paralímpico, no Azerbaijão


O Brasil faturou três medalhas no Grand Prix de Judô para Cegos da Federação Internacional de Esportes para Cegos (IBSA), que ocorreu entre os dias 13 e 14, em Baku, no Azerbaijão. Alana Maldonado conquistou a prata na categoria até 70 kg e Rebeca Silva e Meg Emmerich levaram medalhas de bronze na categoria acima de 70 kg.

Depois de vencer a alemã Theodora Paschalidou nas oitavas e Vasila Aliboeba, do Uzbequistão, na semifinal, Alana chegou à final, mas foi vencida pela mexicana Lenia Ruvalcaba, que levou o ouro. Alana, além de conquistar o ouro no Mundial de Judô que aconteceu em novembro, em Lisboa, garantiu uma medalha de prata nos Jogos Paralímpicos do Rio de 2016.

Rebeca Silva superou Sarah Chung, dos Estados Unidos, mas perdeu na semifinal para a italiana Carolina Costa. Na disputa pelo terceiro lugar, venceu Dursadaf Karimova, do Azerbaijão. Meg Emmerich venceu a americana Kate Lee Davis mas, na semifinal, foi superada pela chinesa Hongyu Wang. Entretanto, na briga pela medalha de bronze, venceu Altantsetseg Nyamaa, da Mongolia. A paranaense também conquistou uma medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos do Rio de 2016.


A competição reuniu mais de 240 judocas de 36 países e, além de oferecer qualificação para o Tokyo 2020, é também parte importante da preparação para outros campeonatos do ano, como a Copa do Mundo de Judô Paralímpico, que acontece em outubro, no Uzbequistão.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes