Ouro no Rio 2016, saltador Thiago Braz confirma presença no GP Brasil de Atletismo


O campeão olímpico do salto com vara Thiago Braz da Silva (Pinheiros-SP), já qualificado para o Mundial do Catar e o Pan-Americano de Lima, será uma das grandes atrações do Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo, a ser disputado dia 28 no Estádio do Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), da CBAt, em Bragança Paulista (SP).

O atleta paulista, de 25 anos, aposta na temporada 2019, ano pré-olímpico para Tóquio 2020. Depois de três anos morando e treinando em Fórmia, na Itália, com o ucraniano Vitaly Petrov, ele voltou ao Brasil e está aos cuidados do técnico Elson Miranda de Souza, em São Paulo.

Este ano, na temporada em pista coberta, saltou 5,80 m em fevereiro no All Star Perché, em Clermont Ferrand, na França. Com a marca, qualificou-se para o Mundial de Doha, no Catar, de 27 de setembro a 6 de outubro, e para o Pan de Lima, prova prevista para o dia 7 de agosto.

Recordista olímpico com 6,03 m, Thiago Braz está agora no Centro de Treinamento de Chula Vista, em San Diego, nos Estados Unidos, com um grupo de brasileiros que participam de um Camping Internacional. Lá, tem a companhia de Elson Miranda e do consultor Vitaly Petrov. Ele vem direto para o GP Brasil Caixa, que abre o IAAF World Challenge 2019, circuito disputado em nove etapas pela Europa, Ásia e Américas.

"O GP Brasil será a primeira competição ao livre do Thiago do ano e por isso não estamos preocupados com resultado. Ele vai competir com 16 passadas e vamos avaliar o seu treinamento depois do estágio no Camping de Chula Vista. Depois deve voltar para as 18 passadas. As condições foram excelentes. A pista fica a 5 minutos do alojamento, não se perde tempo com o almoço e janta, e dificilmente perdemos um treino por causa do vento. Sempre a favor", comentou Elson Miranda.

"Ainda contamos com o apoio do ucraniano Vitaly Petrov, que foi o técnico do Thiago na conquista da medalha de ouro no Rio 2016. Ele decidiu voltar para o Brasil no ano passado e voltamos a trabalhar juntos e recomeçar. As competições indoor foram só para reiniciar os trabalhos, já que a temporada 2019 é muito longa. Em Doha, no dia 3 de maio, na abertura da Liga Diamante, começam as provas mais forte. Em maio, ele disputa também o Sul-Americano do Peru", concluiu o treinador.

Foto; COB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes