Com estreia do Conjunto em 2019, Brasil disputa a etapa de Baku da Copa do Mundo de Ginástica Rítmica


A Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica já está pronta para o início da etapa de Baku (AZE) da Copa do Mundo. Nesta sexta-feira (26), será realizada a primeira parte do qualificatório, tanto no individual quanto no conjunto.

A etapa de Baku é apontada como uma das mais fortes da Copa do Mundo, reunindo mais de 200 ginastas, representando 39 países. Além disso, já servirá como uma espécie de preparação das equipes para o próximo Campeonato Mundial, que será realizada justamente na capital do Azerbaijão, em setembro.

O Brasil está em Baku com Natália Gaudio e Bárbara Domingos, que já participaram de duas etapas anteriores da Copa do Mundo (Pesaro/ITA e Sofia/BUL) e terá a Seleção de Conjunto fazendo sua primeira competição na temporada.

No Individual, a primeira a competir nesta sexta-feira será Natália Gaudio, nos aparelhos arco e bola, a partir das 8h15 (horário de Brasília). Depois, será a vez de Bárbara Domingos, nos mesmos aparelhos, a partir da 10h40. No sábado (27), Natália disputará a qualificação das maças e fita a partir das 8h, e Bárbara às 10h25.

“Intensificamos os treinos depois de Sofia. Um grande aprendizado é aprender com os erros e acredito que vamos melhorar nosso resultado”, afirmou Monika Queiroz, treinadora de Natália Gaudio. “A expectativa é de uma apresentação com mais precisão, menos erros e mais expressão e consequentemente uma melhora nas notas e na classificação geral” explicou Marcia Naves, treinadora de Bárbara.

Estreia do Conjunto
As meninas do Conjunto farão sua primeira apresentação na temporada de 2019 a partir das 13h desta sexta-feira. Elas entrarão no palco da arena Milli Gimnastika, em Baku, para o qualificatório das cinco bolas. No sábado, no mesmo horário, a equipe fará a apresentação dos três arcos e duas maças.

“A expectativa para esta estreia é que elas se apresentem bem, acertem as coreografias, façam tudo com beleza, graça e vigor, cumprindo todas as dificuldades e critérios para subir nossa nota. O resultado vai ser consequência desse desempenho, até porque ainda não fomos testados”, disse Camila Ferezin, treinadora da equipe e Coordenadora das Seleções de Ginástica Rítmica da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica).

Segundo ela, a maior dificuldade que a equipe deverá enfrentar no Azerbaijão será o fato de estar fazendo sua primeira competição do ano. “O principal adversário do Brasil somos nós mesmos, a tensão da estreia na temporada e a inexperiência de algumas ginastas. Além disso, como um dos grandes objetivos é a medalha do Pan de Lima, estamos sempre medindo força com os países das Américas”, explicou Camila.

A base da equipe está escalada com Débora Medrado (capitã), Nicole Duarte, Morgana Gmach e Camila Rossi. Para a prova das bolas, entrará Beatriz Linhares, e na prova dos três arcos e duas bolas entrará Vitória Borges.


Avançarão para as finais, marcadas para domingo (28) as oito primeiras, tanto no individual por aparelhos quanto no conjunto.
Foto: CBG

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes