Segundo ministro de esporte sul-coreano, as Coreias competirão juntas em três modalidades nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020


As Coreias do Sul e do Norte concordaram em enviar equipes conjuntas em três modalidades esportivas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O ministro do esporte sul-coreano, Do Jong Hwan, disse que os vizinhos se uniriam no basquete feminino, canoagem e remo.  Ele disse que times unidos também podem ser formados em outros esportes, como tênis de mesa, judô.

A notícia, que segue as negociações internacionais, é o mais recente desenvolvimento do esporte, contribuindo para um aparente descongelamento das tensões entre os dois países.

Não está claro como as equipes conjuntas coreanas se qualificariam para Tóquio, mas o Comitê Olímpico Internacional (COI) provavelmente seria um facilitador disposto, devido à pressão positiva que os esforços conjuntos de duas nações até o momento conseguiram. 

Ambos os países, que ainda estão tecnicamente em guerra, estão em negociações sobre uma possível proposta conjunta para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão de 2032.

Kim Jong-un, o líder do Norte, fez um anúncio surpresa em 1º de janeiro de que seu país estaria preparado para competir nas Olimpíadas de Inverno de Pyeongchang, no sul do país. Um total de 22 atletas da Coreia do Norte acabou participando depois de uma reunião de quatro partidos liderada pelo COI em Lausanne em 20 de janeiro, que também envolveu a Coréia do Sul e os organizadores dos Jogos. Ambas as Coreias marcharam juntas na Cerimônia de Abertura e um time de hóquei no gelo jogou na competição feminina.

Ambas as Coreias competiram juntas em três modalidades esportivas nos Jogos Asiáticos deste ano em Jacarta e Palembang, ganhando uma medalha de ouro em corridas de barcos de dragão. Eles também participaram de eventos de tênis de mesa e judô.

Uma marcha conjunta poderá ser realizada novamente na Cerimônia de Abertura de Tóquio 2020.

Foto: Divulgação



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes