Nadadores questionam na justiça o controle da FINA nas competições

Três nadadores olímpicos e campeões mundiais entraram com uma ação antitruste na Califórnia, questionando o controle da FINA sobre a organização de competições.

A ação legal de Katinka Hosszu, da Hungria, e dos norte-americanos Tom Shields e Michael Andrew segue a FINA, com sede na Suíça, encerrando um encontro independente na Itália com ameaças de banir os atletas de competições.

O evento planejado em Turim envolveu organizadores de uma proposta da International Swimming League (ISL), que visa operar fora do controle da FINA e pagar prêmios maiores.

Advogados em São Francisco dizem que os nadadores "acreditam que uma liga profissional que irá compensar seus melhores atletas e recompensá-los melhor por uma vida inteira de treinamento duro e sacrifício está muito atrasado".

Os advogados dizem que os organizadores da ISL entraram com uma ação separada e simultânea contra a FINA por "conduta anticoncorrencial".

Esse é o maior desafio para as entidades olímpicas nos últimos tempos com por atletas que buscam maior prêmio em dinheiro e voz na condução de seu esporte.

Em um caso semelhante no ano passado, patinadores de velocidade da Holanda ganharam uma decisão da União Européia contra a União Internacional de Patinação, com sede na Suíça.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes