Hanyu, Matsuda e Tuktamysheva estão fora dos Nacionais de Patinação Artística. Kolyada é dúvida

Três ausências confirmadas e uma dúvida para os campeonatos nacionais de Patinação Artística, que começam a ser disputados na segunda quinzena de dezembro. O Campeonato Nacional do Japão não vai contar com o bicampeão olímpico Yuzuru Hanyu, que lesionou o tornozelo durante a Rostelecom Cup, disputada em 17 de novembro em Moscou, e ainda está em recuperação. A patinadora do individual senior Yura Matsuda também vai estar ausente no Campeonato Nacional Japonês, para se submeter a tratamento de uma lesão de tornozelo. O Campeonato Nacional da Rússia não terá a medalhista de bronze do Grand Prix Elizaveta Tuktamysheva por conta de uma pneumonia, e pode também não ter o principal nome do individual masculino do país, Mikhail Kolyada, hospitalizado nesta quinta-feira com uma crise profunda de sinusite infecciosa.

Hanyu divulgou um comunicado por meio da Federação Japonesa de Patinação (JSF) explicando os motivos da ausência. A mensagem dizia "Estou profundamente grato a todos aqueles que tem se preocupado comigo desde o GP da Rússia. Fiz tudo o que eu podia para estar no Campeonato Nacional do Japão de 2018, e estou muito frustrado por não poder participar. Daqui adiante não sei o que vai acontecer, mas espero poder voltar às competições o mais rápido que eu possa, assim que a dor e as restrições se resolverem, mesmo que seja um único dia mais cedo".

Embora se afirme que a lesão desta vez não chegou a ser tão severa quanto a sofrida no mesmo tornozelo durante a NHK Cup de 2017, não se espera menos do que um mínimo de dois meses de reabilitação a partir da conclusão de exames diagnósticos feitos no início de dezembro, com pelo menos um mês de repouso absoluto e imobilização. Com esse cronograma, é provável que Hanyu também não participe na Copa dos Quatro Continentes, a ser disputada em 7 de fevereiro, em Anaheim, EUA. 

O técnico de Hanyu, o canadense Brian Orser afirmou em uma entrevista para o Olympic Channell que desta vez o patinador está seguindo uma rota segura para a melhor recuperação possível, ao contrário dos grandes riscos que teve que assumir para participar das Olimpíadas de PyeongCheng com uma lesão grave e que esse processo demora: "Vai ser um processo lento. E o caso é que com a experiência do ano passado, ele ouve tudo o que sua equipe médica recomenda. Alguns atletas podem ser apressados, querem voltar para o gelo cedo demais e se machucar de novo. Mas por causa da experiência do ano passado, ele confia nessas pessoas (médicos) e se isso quiser dizer esperar mais mas poder voltar para o final da temporada, isso pode ser uma opção". Mesmo sem participar do Campeonato Nacional pelo terceiro ano consecutivo, os resultados de Hanyu no ano—ouro nas Olimpíadas de Pyeong Cheng e invicto nas demais competições que disputou, com sucessivas quebras de recorde mundial—são suficientes para garanti-lo entre os convocados para as equipes nacionais do Japão que disputarão o Campeonato Mundial e a temporada de 2019-2020.

Na Rússia, Elizaveta Tuktamysheva ainda se encontra em recuperação de uma pneumonia, que deve forçá-la a duas semanas de hospitalização conforme divulgou seu técnico, Alexei Mishin. Com febre desde a volta de Vancouver, no Canadá, Tuktamysheva já anunciou que não participa do Campeonato Nacional Russo, a ser disputado em Saransk no dia 19 de Dezembro. Após uma temporada onde teve uma campanha bastante positiva—participou com destaque dos testes nacionais e conseguiu com boa antecipação a classificação para as finais do Grand Prix onde terminou em terceiro lugar—a campeã mundial de 2015 e uma das poucas mulheres a realizar o salto triplo axel vai depender de um parecer da Federação Russa para participar do Campeonato Europeu e do Mundial.

Também na Rússia, Mikhail Kolyada teve que interromper os treinos para o Campeonato Nacional da Rússia para tratamento emergencial de uma sinusite infecciosa. O patinador, medalha de prata por equipes nas Olimpíadas de PyeongCheng tem enfrentado problemas com crises alérgicas respiratórias desde a metade do ano, e teve um grande agravamento a poucos dias da competição nacional. Ele postou a seguinte mensagem em seu Instagram: "Os preparativos para o Campeonato Nacional Russo estão um pouco fora do curso...aconteceu isso. Você planeja ir à Saransk e acaba indo para o hospital. Infelizmente há dúvidas sobre a participação no Campeonato Russo: tenho que me curar a tempo, amigos". A técnica de Kolyada, Valentina Chebotaryova, no entanto descartou qualquer possibilidade do patinador não comparecer no Campeonato Nacional Russo, mesmo com as atuais condições de saúde.



Fotos: Ameblo/Wikipedia/Getty/Telsport



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes