Falência de empresa paralisa obras do tênis para as Olimpíadas de 2020

O impasse criado pela insolvência da M-Tec Co, empreiteira responsável pelas obras de reforma do Ariake Tennis Park, local proposto como sede do tênis nas Olimpíadas de 2020 no Japão se tornou o segundo problema grave enfrentado pelos organizadores dos jogos em menos de um mês. No dia 16 de outubro, um escândalo envolvendo manipulação de dados de segurança contra terremotos e o uso de 32 amortecedores de impacto fora dos padrões exigidos pelo governo japonês no parque aquático de Koto veio à tona. Ambas as situações podem atrasar muito o cronograma de inaugurações, ou até mesmo inviabilizar o uso dos espaços no evento.

A M-Tec Co, sediada na província de Saitama era a responsável por obras de reforma e adaptação do Ariake Tennis Park para os padrões exigidos pelo COI. O trabalho, orçado em 1.6 bilhão de ienes—o equivalente a 14.3 milhões de dólares—era referente à construção de 17 quadras e instalação de equipamentos de iluminação. A obra proposta (na foto) teve início há um ano e tinha conclusão prevista para julho de 2019: o espaço reformado deveria abrigar o Japan Open e os Campeonatos Nacionais de Tênis do Japão, que seriam usados como eventos-teste para as Olimpíadas. Mas a empreiteira entrou com pedido de concordata no dia 1 de outubro, suspendeu todos os trabalhos e sem conseguir apoios para retomar atividades e pagar dívidas, entrou em processo de falência e não deu continuidade às obras.

Segundo funcionários da prefeitura, uma ordem de proteção judicial emitida pelo Tribunal da Comarca de Tóquio junto ao processo de concordata impede a contratação de uma nova empresa para a finalização da reforma: "Queremos retomar a construção o mais cedo possível, mas estamos travados porque não há previsão para quando essa ordem será cancelada". Essa ordem seria referente aos trabalhos já feitos e materiais deixados no local das obras, que até nova decisão dos juízes, não podem ser alterados ou removidos.

A Associação de Tênis do Japão expressou muita preocupação com o impasse: "Vai se tornar um incidente internacional se esses eventos forem afetados", comentou um oficial da associação que se encontrou com representantes da administração metropolitana de Tóquio na última semana. Nenhuma solução para o caso foi anunciada até agora.




Foto: DECN

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes