Campeão olímpico de curling é expulso de campeonato por competir 'extremamente bêbado'

Campeão olímpico com a seleção canadense em Sochi 2014, Ryan Fry teve sua equipe expulsa do campeonato Red Deer Curling Classic em Calgary (CAN) por comportamento inaceitável de Fry, que estava 'completamente bêbado' segundo nota da organização. A equipe estava na final e foi desqualificada.

E a organização do campeonato só interviu após inúmeras reclamações de adversários e espectadores: "Eles saíram e voltaram extremamente bêbados, quebrando vassouras e xingando, um comportamento inaceitável que ninguém queria assistir, ouvir ou escutar, e foi apenas o suficiente", disse Wade Thurber, gerente da unidade, à CBC Sports.

"Houve algum dano no vestiário e outras equipes reclamando sobre suas coisas sendo chutadas no vestiário. Então, no final do dia, foi como 'OK, é o suficiente deste show de gongos'. O comitê coletivamente decidiu que precisávamos removê-los do campeonato para este ano e o que acontecerá depois, eu não tenho certeza ainda. "

Fry, mais conhecido da equipe, pediu desculpas publicamente sobre o ocorrido: "Eu gostaria de pedir sinceras desculpas aos fãs, participantes e organizadores do Red Deer Curling Classic", disse Fry, que se ofereceu para pagar por danos, em um comunicado à CBC Sports.

"Eu vim para o evento para jogar e curtir o esporte. Minhas ações foram verdadeiramente desrespeitosas e embaraçosas - o comitê foi correto em nos desqualificar do jogo. Eu me permiti perder o controle e ofendi as pessoas com minhas ações. Desejo nada mais do que pedir desculpas a todos individualmente", disse Fry. "Vou dar os passos necessários para garantir que esse problema nunca mais aconteça e vou me esforçar para me tornar uma versão melhor de mim mesmo, contribuindo positivamente para o esporte e a comunidade que eu tanto amo". 


foto: Jeff Mcintosh/Canadian press

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes