Renan Dal Zotto é suspenso por uma partida por conduta imprópria em partida contra Rússia

O técnico da seleção masculina de vôlei Renan Dal Zotto não estará à frente do Brasil na partida contra os Estados Unidos, nesta sexta-feira, no encerramento da 3ª fase do Mundial. O técnico foi suspenso por um jogo pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) por conduta imprópria durante o tie-break contra a Rússia, nesta quarta-feira. 

A FIVB alega que o treinador deliberadamente soltou uma bola em quadra com o intuito de enganar o árbitro. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) ainda não se manifestou sobre o episódio.

O placar marcava 14 a 11 para o Brasil no quinto set quando ocorreu o incidente. Nas imagens da transmissão oficial é possível apenas ver uma bola quicando dentro da quadra do lado brasileiro, mas outras câmeras da FIVB mostram o momento em que Renan solta uma bola enquanto caminha na lateral da quadra. O ponto foi finalizado logo depois, com um ataque do russo Maxim Mikhaylov, que salvou um match point.

A partida terminou com uma incrível virada do Brasil após estar perdendo por 2 sets a 0, e virar para 3 sets a 2 (20/25, 21/25, 25/22, 25/23 e 15/12.)

Confira a nota da FIVB na íntegra:

"Comitê de Controle do Campeonato Mundial Masculino da FIVB suspendeu o técnico da seleção nacional do Brasil, Renan Dal Zotto, para a próxima partida do Brasil, contra os Estados Unidos, em 28 de setembro. A decisão foi tomada depois do Senhor Dal Zotto ter sido considerado culpado de conduta imprópria durante a partida entre Brasil e Rússia.

O Sr Dal Zotto deliberadamente jogou a bola na quadra durante o match point no quinto set da partida da última noite para enganar o árbitro. O incidente foi flagrado pelas câmeras do evento e é uma violação direta do Artigo 14.2 das Regulações Disciplinares da FIVB, em conjunção com os Artigos 20.1.3 e 20.1.1 das Regras do Jogo, que governa a conduta esportiva e o fair play, respectivamente.

O Comitê de Controle da FIVB também avisou formalmente o Senhor Dal Zotto que ele enfrentará uma punição mais severa se a conduta futura dele foi questionada. A FIVB está comprometida em manter os mais altos níveis de fair play e espírito esportivo e não vai tolerar conduta imprópria em seus eventos."


Com informações de globoesporte.com
foto: FIVB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes