Brasil se mantém na luta pelas primeiras posições no Evento-Teste da vela para os Jogos de 2020

Após dois dias de regatas no primeiro evento-teste da vela para Tóquio 2020, o Brasil se mantém firme na luta pelas primeiras posições na raia de Enoshima, no Japão. As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze continuam na liderança na classe 49er FX, com apenas dez pontos perdidos. Na Finn, Jorge Zarif subiu para a segunda posição (9 p.p.). E Patrícia Freitas  ocupa a oitava colocação na classe RS:X feminina (44 p.p.).

As regatas do terceiro dia têm início previsto para 23h (de Brasília) da noite desta quarta-feira, dia 12. O campeonato é válido ainda como primeira etapa da temporada 2018/2019 da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela). A fase de classificação vai até sexta-feira. As disputas por medalha estão marcadas para sábado e domingo.

Na 49er FX, Martine e Kahena venceram mais duas regatas nesta quarta-feira, no Japão. Ao todo, as campeãs olímpicas ganharam três das seis provas disputadas até aqui. Atrás das brasileiras aparecem as neozelandesas Alexandra Maloney e Molly Meech, com 22 pontos perdidos.

Na Finn, Jorge Zarif ganhou uma das duas regatas disputadas nesta quarta-feira. Na outra, ficou em terceiro lugar. Com esses resultados, o velejador brasileiro tem a mesma pontuação do líder da classificação geral, o britânico Giles Scott, e ocupa a segunda colocação pelo critério de desempate.

Na RS:X feminina, Patrícia Freitas disputou três provas nesta quarta-feira e também continua na briga por um lugar na regata de medalha.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes