Brasil perde a quarta seguida para os Estados Unidos em amistosos de vôlei feminino

Na reabertura do Maracanãzinho, a seleção brasileira feminina de vôlei foi superada pelos Estados Unidos no último amistoso da série preparatória para o Mundial do Japão que será disputado entre os dias 29 de setembro e 20 de outubro. Neste sábado (18.08), os Estados Unidos venceram o Brasil por 3 sets a 1 (25/23, 18/25, 26/24 e 25/13), no Rio de Janeiro (RJ). O duelo ainda foi marcado pela homenagem aos 10 anos do primeiro ouro olímpico no feminino para o vôlei de quadra brasileiro.
O próximo desafio da seleção feminina será o Torneio de Montreux, na Suíça, de quatro a nove de setembro.

A ponteira norte-americana Madi Kingdon foi o destaque do duelo, com 23 pontos. Pelo lado do Brasil, a atacante Gabi foi quem mais marcou pontos, com 17 acertos.

A oposta Tandara, que fez 11 pontos no duelo, fez uma análise da partida contra os Estados Unidos.

"Acredito que tivemos muita coisa boa e ao mesmo tempo muito o que melhorar. Acredito que a evolução do time foi notória desde o primeiro jogo em Brasília. E esse é o caminho. Para isso que serviram estes amistosos, enfatizar os nosso acertos, mas também os erros. Sabemos que precisamos trabalhar mais. Jogamos 16 sets em menos de uma semana, é muita coisa, cansa, mas não podemos usar isso como desculpa. Temos que focar no mundial", explicou Tandara.

 A ponteira Rosamaria ressaltou a evolução do Brasil ao longo das partidas contra os Estados Unidos.

 "Os amistosos serviram como parâmetro de onde temos que melhorar. Jogamos contra o atual campeão da Liga das Nações. Temos que melhorar nossa velocidade de jogo, elas estão ainda acima. O time melhorou do primeiro jogo até hoje, sabemos os pontos positivos e negativos, então vamos buscar evoluir", afirmou Rosamaria.

Foto: CBV


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes