Triatlo do Brasil qualifica dois atletas para Buenos Aires 2018

No último domingo, 1º de julho. Giovanna Lacerda (TO) e Pedro Boff (PR) conquistaram duas vagas para o Triatlo do Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, que serão realizados em Buenos Aires. 

É a primeira vez que o triatlo brasileiro classifica um atleta feminino e um masculino para o maior evento poliesportivo mundial das categorias de base.

"Estou muito feliz e animada. Vai ser uma ótima oportunidade representar o Brasil em uma das maiores competições do planeta. Gostaria de agradecer ao Comitê Olímpico Brasileiro e a Confederação Brasileira de Triathlon por viabilizar minha participação nesta seletiva, sem todo o suporte e apoio, esse resultado não seria possível", contou Giovanna, que completa 16 anos no dia 10 de julho.

A classificação veio em uma prova seletiva disputadíssima realizada em Salinas, no Equador. Sete vagas por gênero estavam em jogo, uma vez que a Argentina, como país sede do evento, tinha participação garantida. Na prova feminina, a primeira do dia, o time brasileiro, que contava com Giovanna Lacerda, Gabrielle Lemes (PR) e Alice Tinelli (PR), mostrou que aproveitou bem o Panamericano de Triathlon em Brasília para estudar as adversárias e montar uma estratégia agressiva na busca pela vaga.

Como Giovanna possui uma boa natação, Gabrielle e Alice se posicionaram no grupo logo atrás do pelotão principal na primeira etapa, dando um suporte caso a tocantinense perdesse o primeiro pelotão nas primeiras etapas. Giovanna estava em ótima forma, conseguindo se manter entre as primeiras colocadas tanto na água como no ciclismo. Na última etapa, a palmense despontou fazendo a segunda melhor corrida da prova e cruzando na sétima colocação (1h03min06). Gabrielle foi a 14ª colocada e Alice ficou na 20ª posição.

Na prova masculina, o trio brasileiro, formado por Pedro Boff (PR), José Luiz Felicio (SP) e Roberto Paulo Licheski (PR, também fez um belo trabalho em equipe, revezando bem entre as modalidades. José Luiz e Roberto fizeram uma boa natação, chegando forte no pedal. Roberto acabou se perdendo do primeiro grupo no ciclismo, mas Luiz manteve um ritmo forte, para que Pedro seguisse forte na disputa e aproveitasse seu ponto forte: a corrida. Na última etapa, Pedro garantiu a vaga após alcançar a sexta colocação da prova (58min05). José Luiz foi o 20º colocado e Roberto terminou em 32º lugar.

"Nossa missão teve 100% de aproveitamento. Agora é manter o trabalho para chegarmos bem preparados na prova em outubro. A CBTri e COB estão muito felizes com essa conquista inédita do triathlon para o YOG. A equipe estava muito unida em prol desse objetivo - conquistar as duas vagas olímpicas - e o resultado foi obtido graças a esse comprometimento do grupo. Todos estão de parabéns", contou Rodrigo Milazzo, gerente de alto rendimento e chefe de equipe na Seletiva da CAMTRI de Salinas. 

Grande vitrine para os futuros atletas do esporte mundial, os Jogos Olímpicos da Juventude (YOG) chegam a sua 3ª edição em 2018, sendo realizados de 6 a 18 de outubro em Buenos Aires, na Argentina.

Foto: CBTri


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes