Henrique Avancini fica em quarto na etapa de Vallnord da Copa do Mundo de Mountain Bike; Vitórias de Itália e Noruega

O ciclista brasileiro Henrique Avancini obteve outro grande resultado na Copa do Mundo UCI de Mountain Bike, confirmando o excelente momento na carreira. Na etapa de Andorra, em Vallnord, Avancini garantiu o pódio ao encerrar mais uma vez a disputa em quarto lugar.

O resultado garante ao petropolitano manter-se no top 2 do ranking mundial de cross country, que terá atualização na próxima terça-feira (17). O título da elite masculina teve um vencedor inédito, o italiano Gerhard Kerschbaumer, que conseguiu superar o suíço Nino Schurter, número 1 do mundo. O pódio teve ainda Mathieu Van Der Poel (HOL), em terceiro lugar, e o francês Jordan Sarrou, em quinto.

"Feliz por conquistar mais um pódio em etapas da Copa do Mundo. Deixando o bom resultado de lado, o que tiro de mais positivo hoje é que não tive boas sensações durante a disputa do cross country olímpico. A partir da quarta volta estava completamente vazio e tive que espremer o corpo como não fazia há muito tempo. Acredito que isso seja algo positivo, porque constrói o caráter do atleta", comentou Avancini.

Com a vitória no short track na última sexta-feira (13) e a quarta colocação no cross country olímpico, Henrique Avancini sobe da quinta para a terceira colocação no ranking da Copa do Mundo UCI de MTB, após somar 275 pontos com os resultados das duas provas. O atleta do Shimano Sports Team tem agora 861, atrás de Nino Schurter (1.405) e de Mathieu Van Der Poel (1.080). Seu companheiro de equipe Cannondale Factory Racing, o francês Maxime Marotte, é o quarto do ranking da competição, com 827 pontos. O suíço Florian Vogel completa o top 5, com 777 pontos.

"Em oito dias tive uma vitória com três pódios conquistados, em Val di Sole (ITA) e Vallnord (AND), duas vitórias por equipes, além de estar em top 2 do mundo e em terceiro do ranking da Copa do Mundo de MTB após cinco provas disputadas. O balanço é extremamente positivo", destacou o ciclista petropolitano, que tem sua bike equipada com os componentes do novos XTR de 12 velocidades lançado pela Shimano no fim de maio.

Na disputa feminina, Gunn-Rita Dahle Flesjaa (NOR) foi a vencedora, seguida por Jolanda Neff (SUI) e Emily Batty (CAN). Raiza Goulão ficou em 30º lugar e Jaqueline Mourão em 40º.

Foto: Michele Mondini



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes