AIBA ameaça entrar com ação legal contra WADA no CAS em meio a disputa de conformidade com o código antidoping

O diretor executivo da Associação Internacional de Boxe (AIBA), Tom Virgets, ameaçou a Agência Mundial Antidoping (WADA) com uma ação legal no Tribunal de Arbitragem do Esporte (CAS) por causa de uma disputa de conformidade entre as duas organizações.

A AIBA continua em risco de ser declarada não conforme com o Código da WADA depois que seu Campeonato Mundial de 2019 foi concedido à cidade russa de Sochi.

A WADA encaminhou o caso de volta ao Comitê de Revisão de Conformidade (CRC) durante a reunião do Conselho da Fundação em maio e a questão foi discutida pelo grupo no mês passado.

Virgets disse ao site inside the games que eles "discordaram" das conclusões alcançadas pelo CRC, que sugeririam que o corpo recomendou possível não-conformidade para a AIBA.

Seria um revés considerável para a AIBA, cujo ponto no programa olímpico em Tóquio 2020 permanece em dúvida.

As consequências mais graves do não cumprimento incluem a suspensão dos Jogos Olímpicos.

A decisão de dar o evento a Sochi foi feita em julho de 2017 e, segundo os padrões anteriores, as Federações Internacionais devem fazer o possível para premiar apenas países conforme o código da WADA com o sediamento de mundiais.

A Rússia foi eleita a sede pois a oferta da Ucrânia, houve problema e a Ucrânia era o único país que disputava com a Rússia para ser a sede do evento.

A Índia também estava interessada mas houve um acordo para o país sediar a edição de 2021.

Virgets revelou que a AIBA realizará uma reunião com a WADA para discutir a questão.

Foto:AIBA


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes