Phil Neville afirma que seria fundamental que a equipe feminina da Grã-Bretanha disputasse o futebol em 2020

Colocar a equipe de futebol feminino da equipe GB nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 é "absolutamente fundamental" para o crescimento do futebol feminino, diz o técnico da seleção da Inglaterra, Phil Neville.

Mas Neville rejeitou as especulações de que ele será apontado como gerente se uma equipe for enviada ao Japão como "prematura".

A equipe britânica chegou as quartas de final em Londres 2012 mas não levou uma equipe para a Rio 2016.
"Seria ótimo se eu pudesse fazer parte disso", disse Neville.

"As conversas de ir para as Olimpíadas como um treinador estão muito longe dos meus pensamentos, porque temos que realmente nos qualificar para uma Copa do Mundo primeiro".

Uma equipe não foi inscrita para a Rio 2016 pelo fato das 4 federações não terem chegado a um acordo com o COI.
Havia a preocupação de que uma equipe britânica unificada pudesse arriscar a independência de um país dentro da Fifa - o órgão governamental do futebol mundial - com os países de origem concordando em cooperar para Londres 2012 com base no fato de ser um caso isolado.

A Federação de Futebol disse anteriormente que está "confiante" de que haverá uma equipe feminino em Tóquio 2020, mas as federações escocesa, galesa e irlandesa entendem ser contra a ideia - embora não fiquem no caminho de seus jogadores se desejarem ser considerado para seleção.

"Eu acho que seria uma ótima oportunidade para as jogadoras da Grã-Bretanha jogarem no topo, no topo do que é provavelmente o auge", disse Neville.

"Tenho certeza de que haverá representação de todas as nações - e tem que ser assim. Não é um time inglês, é um time da Grã-Bretanha e tem que haver representação."

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes