ISA reafirma seu compromisso com a solução da disputa de governança do stand-up paddle por meio do CAS

A Associação Internacional de Surfe (ISA), definiu ho que descreve como outros detalhes importantes para lidar com a "má informação" sobre a governança do stand-up paddle (SUP).

Isso inclui responder às alegações da Federação Internacional de Canoagem de que está agindo no melhor interesse dos atletas.

Ao mesmo tempo, a ISA reafirmou ainda o seu total empenho em ter a questão em curso do controle federativo do SUP  colocada perante o Tribunal de Arbitragem do Desporto (CAS).

A entidade que rege o stand-up paddle insiste que tem uma longa experiência no esporte e só enfrentou a interferência da ICF desde que tentou adicionar a disciplina ao programa dos Jogos Olímpicos da Juventude de Verão de 2018 em Buenos Aires, isso é negado pela ICF que no entanto diz que nenhuma federação deveria ter o monopólio de um esporte em específico.

Em um comunicado divulgado, o presidente da ISA, Fernando Aguerre, disse que "é uma vergonha e um prejuízo para todos os envolvidos no esporte" que a governança do ISA sobre o SUP tenha sido desafiada pela ICF.

"Ao contrário do que foi relatado recentemente pela ICF, a ISA continuou a propor soluções claras e razoáveis ​​em toda a situação em curso."

Aguerre continuou acusando a ICF de não respeitar um processo acordado com o COI, incluindo "recusar-se a aceitar que a questão fundamental de governança seja colocada antes da decisão do CAS."

Aguerre reiterou que essa é uma questão em que os envolvidos querem resolver o mais rápido possível.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes