Após protestos, amistoso de futebol entre Argentina e Israel em Jerusalém é cancelado

O amistoso entre Israel e Argentina não vai acontecer. A partida estava marcada para este sábado (9), em Jerusalém, e após protestos, não será realizada. Manifestantes levaram bandeiras da Palestina antes do último treinamento da seleção sul-americana. Estes fatos aumentaram o coro para o confronto não sair do papel.


De acordo com o diário "As", os atletas argentinos se reuniram com o presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino), Claudio Tapia e mostraram que não queriam entrar em campo, principalmente por medo de confusões na partida e ao redor do estádio. A entidade maior do futebol argentino cedeu à pressão e cancelou o jogo.

Anteriormente, a Associação de Futebol da Palestina já havia solicitado o cancelamento do jogo, por afirmar que este seria uma afronta ao país, principalmente pelo fato dele ocorrer em uma cidade anexada ao território de Israel.

"O jogo é uma celebração ao 70ª aniversário da criação do Estado de Israel. Para nós, é inaceitável realizar esta partida em Jerusalém, que é um território ocupado e é triste ver que uma equipe, que conta com o carinho e apoio de tantos cidadãos palestinos e árabes, participar de uma violação ao direito internacional" disse Husni Abdel Wahed, embaixador da Palestina na Argentina, à rádio Cooperativa.

Com o jogo suspendido, treinador da Argentina, Jorge Sampaoli vai solicitar um novo amistoso, dessa vez em Barcelona, onde a seleção se prepara para a Copa, antes de viajar para Rússia. O único amistoso pré-Copa da Argentina até o momento foi contra o Haiti, dia 29 de maio, com vitória de 4 a 0 dos argentinos.

foto: Reuters

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes