Três duplas avançam na chave feminina da etapa de Huntington Beach do circuito mundial de vôlei de praia

O Brasil avançou com três duplas do naipe feminino às próximas fases da etapa quatro estrelas de Huntington Beach, nos EUA, pelo Circuito Mundial 2018. Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) e Maria Elisa/Carol Solberg (RJ) venceram duas vezes nesta sexta-feira (04.05) e estão invictas, a uma vitória das semifinais. Ágatha e Duda (PR/SE), que estão na chave da repescagem, jogaram três vezes e venceram todas, se mantendo vivas no torneio.


O dia coroou também uma meta especial para a medalhista olímpica Bárbara Seixas, que além de avançar bem na competição, alcançou 250 vitórias contando apenas  torneios válidos pelo Circuito Mundial. A carioca de 31 anos comemorou o número, mas também lembrou de que as conquistas são fruto de um esforço coletivo de diversos profissionais.

"Fico muito feliz, é uma marca muito bacana de alcançar. Mas tenho que deixar minha gratidão para todas as pessoas que fizeram parte dessa história, minha equipe, a Fernanda, minhas ex-parceiras. É um esporte coletivo, então os prêmios também são divididos. Dá orgulho da trajetória ao longo desses anos. A jornada é o mais importante para mim, o que trouxe mais aprendizado e crescimento. Não só como atleta, mas como pessoa também”, celebrou Bárbara, que é campeã do Circuito e do Campeonato Mundial de 2015, além de ser bicampeã mundial Sub-21 e campeã mundial Sub-19.

Fernanda e Bárbara começaram o dia superando as alemãs  Bieneck e Schneider por 2 sets a 0 (21/18, 21/15). Horas mais tarde, venceram as canadenses Bansley e Wilkerson por 2 sets a 1 (21/19, 29/27). 
As adversárias por uma vaga na semifinal serão as norte-americanas Summer Ross e Sara Hughes. Os dois times nunca se enfrentaram anteriormente e jogam neste sábado, às 14h (de Brasília). Como não perderam nenhum jogo, mesmo se forem derrotadas, as brasileiras não estarão eliminadas, caindo para a chave da repescagem, onde terão outra chance.

Maria Elisa e Carol Solberg também se mantiveram 100% nos EUA. A dupla superou na primeira partida do dia as suíças Heidrich e Verge-Depre por 2 sets a 1 (21/17, 16/21, 15/13). No Round 3, nova vitória, desta vez contra as alemãs  Chantal Laboureur e Julia Sude, por 2 sets a 0 (21/18, 21/16). A disputa por uma vaga na semifinal, neste sábado, será contra as canadenses Sarah Pavan e Melissa, também às 14h.

Já Ágatha e Duda tiveram caminho mais longo na chave da repescagem. Elas venceram três vezes nesta sexta, e para chegarem até a semifinal, terão que superar mais três oponentes neste sábado. A dupla superou na primeira partida as japonesas Ishii e Murakami por 2 sets a 0 (21/15, 21/18). Horas depois, vitória sobre as compatriotas Taiana e Carol Horta (CE), por 2 sets a 0 (22/20, 21/13). Por fim, levaram a melhor sobre as russas Kholomina e Makroguzova com parciais de 21/15, 21/12.

Elas encaram neste sábado as canadenses Bansley e Wilkerson, às 12h30 (de Brasília). Os dois times já se enfrentaram uma vez, com vitória das brasileiras. Taiana e Carol Horta perderam no primeiro duelo do dia, para as americanas April Ross e Alix, por 2 a 0 (21/19, 21/12). Como foram superadas na chave da repescagem para as compatriotas, acabaram eliminadas, ficando na 17ª colocação.

Nesta etapa não há limites de duplas estrangeiras e o evento é realizado em parceria com a AVP, principal liga norte-americana de vôlei de praia. Os times campeões na etapa californiana recebem 800 pontos no ranking geral e cerca de R$ 68 mil em prêmios. Ao todo são 150 mil dólares em premiação às duplas participantes.

Até agora o Brasil soma quatro medalhas no Circuito Mundial 2018, sendo uma de ouro, duas de prata e uma de bronze. Após as etapas dos EUA e da Turquia, o próximo evento do tour com times do país será na Suíça, em torneio três estrelas na cidade de Lucerna, de 9 a 13 de maio.

foto: FIVB/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes