Primeiros atletas do Brasil desembarcam em Cochabamba para os Jogos Sul-Americanos

Faltando quatro dias para o início dos Jogos Sul-americanos Cochabamba 2018, os primeiros integrantes do Brasil começam a desembarcar na Bolívia. Na segunda-feira, dia 21, membros do Comitê Olímpico do Brasil (COB) chegaram à cidade para ajustar os últimos detalhes antes da entrada dos atletas na Vila Sul-americana. Badminton, boliche, ginástica artística, rugby e vela serão as primeiras modalidades do Brasil a chegar ao solo boliviano, nesta terça-feira, dia 22. O foco principal do COB em Cochabamba é classificar o maior número possível de atletas e equipes para os Jogos Pan-americanos de Lima, no ano que vem, que, por sua vez valerão vagas para Tóquio 2020. 

Os Jogos Sul-americanos Cochabamba 2018 acontecem de 26 de maio a 8 de junho e o Time Brasil será representado por 316 atletas em 35 modalidades. No total, o Brasil levará para Bolívia aproximadamente 440 pessoas, entre atletas, oficiais, médicos e comissões técnicas, entre outros. A delegação brasileira será chefiada pelo vice-presidente do COB, Marco La Porta, e terá entre os destaques o campeão olímpico Arthur Zanetti, da ginástica artística, o três vezes medalhista olímpico na canoagem velocidade no Rio 2016, Isaquias Queiroz, seu companheiro de barco e também medalhista no Rio, Erlon Souza, e Maicon Andrade, bronze no Rio 2016 no taekwondo, entre outros. 

A competição servirá como etapa seletiva para o Pan de 2019 em 15 modalidades: atletismo, boliche, ciclismo BMX, ciclismo estrada, ciclismo MTB, ciclismo pista, handebol, hóquei sobre grama, karatê, natação, pentatlo moderno, rugby, tiro esportivo, triatlo e wrestling. Além da qualificação para o Pan, os objetivos do COB para Cochabamba 2018 são dar experiência de competição internacional para jovens atletas, além de familiarizá-los aos serviços oferecidos em uma Missão liderada pelo COB. 

Os Jogos Sul-americanos Cochabamba 2018 terão aproximadamente 4.350 atletas em disputas de 49 modalidades e 376 provas em 43 instalações esportivas. O Time Brasil ficará na Vila Sul-americana, construída numa área de sete hectares na região sul da cidade, que conta com um total de 672 apartamentos, distribuídos em 14 blocos, cada um com 12 andares, além de um hotel para árbitros, uma pista de atletismo, um centro poliesportivo e um velódromo. Os prédios levam os nomes dos 14 países que participam da Organização Esportiva Sul-Americana (Odesur): Argentina, Aruba, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname Uruguai e Venezuela. 

O Brasil terá atletas nas seguintes modalidades: atletismo, badminton, boliche, boxe, canoagem velocidade, ciclismo BMX, ciclismo estrada, ciclismo MTB, ciclismo pista, esgrima, ginástica artística, ginástica rítmica, ginástica trampolim, golfe, handebol, hipismo saltos, hóquei sobre grama, judô, karatê, levantamento de pesos, maratona aquática, nado artístico, natação, patinação artística, pentatlo moderno, remo, rugby, saltos ornamentais, taekwondo, tênis de mesa, tiro com arco, tiro esportivo, triatlo, vela e wrestling.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes