Evandro e André levam o título masculino da etapa de Itapema do Circuito Mundial de Vôlei de Praia

Evandro e André Stein superaram os noruegueses Anders Mol e Christian Sorum por 2 sets a 0 (21/18, 21/16) na manhã deste domingo (20.05), conquistando o título da etapa de Itapema do Circuito Mundial de Vôlei de Praia.

O bronze da parada de Itapema no naipe masculino ficou com os poloneses Losiak e Kantor, que superaram os brasileiros Vitor Felipe e Guto (PR/RJ) por 2 sets a 0 (21/18, 21/16), em 36 minutos, mais cedo neste domingo.  O Brasil soma agora nove medalhas no Circuito Mundial, sendo quatro de ouro, quatro de prata e um bronze (veja abaixo a lista completa).

Esta foi a segunda medalha de ouro da parceria Evandro/André em eventos internacionais. A primeira havia sido no Campeonato Mundial de 2017, na Áustria. Individualmente, Evandro tem seis títulos, enquanto André Stein possui três ouros. A vitória na final rede 800 pontos no ranking geral do tour e um prêmio de cerca de R$ 75 mil aos campeões.

"É um título invicto, de uma etapa do Circuito Mundial em casa e levamos o nosso primeiro ouro da temporada internacional. São muitos motivos para comemorar. Agradecemos muito à comissão técnica e agora temos que descansar e nos preparar para a continuidade dos eventos, pois teremos um período longo em sequência. Estamos trabalhando muito para evoluir nossos pontos fracos, especialmente nosso sistema defensivo. Acreditamos no nosso potencial e felizmente os resultados estão surgindo", disse Evandro.

André Stein também comentou o primeiro ouro da dupla na temporada 2018 do Circuito Mundial, lembrando-se da importância de começar 2019 em boa posição no ranking visando os Jogos de Tóquio-2020.

"Estamos bem felizes. Estivemos na final há duas semanas, em uma etapa dos Estados Unidos, e ficamos com a prata. Voltamos com um sentimento de que não jogamos tudo que sabemos, queríamos a vitória. Aqui viemos focados para conseguir o ouro. E este resultado, que é o nosso primeiro título internacional na temporada, nos coloca novamente no primeiro lugar do ranking. Sabemos que o tour é muito equilibrado e conseguir bons resultados nos deixa em situação mais confortável para a próxima temporada, que é quando já começa a corrida olímpica, nosso principal objetivo", disse André Stein.

Na disputa do bronze, Vitor Felipe e Guto tentaram encontrar soluções para superar o time da Polônia, mas não conseguiram levar a melhor. Após a disputa, Guto analisou a partida e lembrou que a classificação final obtida é importante para a dupla, que ainda nem completou um ano.

"Viramos bem algumas bolas, mas tivemos dificuldades com a finta deles. E fui muito confiante no ataque, mas nem sempre dava certo. Agora temos um mês de preparação, e em seguida nove semanas direto em torneios importantes do Circuito. Nossa equipe tem menos de um ano de formação e chegar em quarto em uma etapa no Brasil é um ótimo resultado", disse Guto.


O próximo desafio das duplas brasileiras no Circuito Mundial 2018 é a etapa duas estrelas de Jinjang, na China. As competições do tour são classificadas de uma a cinco com base nos pontos e na premiação que distribuem.

Foto: CBV


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes