Brasil chega próximo de medalhas em etapa do Circuito Mundial Júnior de Tênis de Mesa

A equipe brasileira, formada por Guilherme Teodoro, Eduardo Tomoike e Rafael Torino, ficou muito próxima de uma medalha no Aberto da Espanha, etapa do Circuito Mundial Júnior, que começou no dia 8, em Platja D'Oro. Nas quartas de final, realizadas na tarde desta sexta-feira (11/5), o Brasil acabou derrotado pela Rússia por 3 a 0.

No jogo inicial, Guilherme foi superado por Lev Katsman por 3 a 0 (12/10, 11/8 e 12/10), mesmo placar do triunfo de Vladimir Sidorenko sobre Eduardo (11/8, 11/1 e 11/6). Rafael vendeu caro o resultado para Maksim Grebnev, mas o russo fez 3 a 2, parciais de 8/11, 8/11, 11/8, 11/7 e 9/11.

Antes, o time passou pela fase de grupos como líder do Grupo D, superando o time E da Espanha e o combinado formado por Chile, Argentina e Rússia, com triunfos por 3 a 0 e 3 a 2, respectivamente.


Individual e duplas
O Brasil fez bom papel na fase individual, encerrada na última quinta-feira. Dos quatro representantes do país, três passaram como líderes da fase de grupos e avançaram à fase eliminatória.

Quem foi mais longe foi Guilherme Teodoro, que só parou nas quartas de final, superado pelo russo Vladimir Sidorenko em jogo dramático. O russo venceu por 4 a 3 (11/7, 11/8, 10/12, 7/11, 9/11, 11/6 e 11/6) e avançou até o título.

Eduardo Tomoike foi até às oitavas de final, na qual caiu ante o outro finalista, o sueco Truls Moregard, que o derrotou por 4 a 1, parciais de 12/10, 8/11, 11/7, 11/5 e 11/8.

No primeiro jogo eliminatório, Rafael Torino foi superado por Ivor Ban, da Croácia, por 4 a 3, com parciais de 6/11, 10/12, 11/6, 11/9, 11/13, 11/8 e 11/1.

O único a cair na fase de grupos foi Rafael Rosenberg, que parou no Grupo 17 ao perder seus três jogos.

Nas duplas, o Brasil também chegou até às quartas de final, com Teodoro e Torino, que só foram parados pelos argentinos Santiago Lorenzo e Martin Betancor, vencedores por 3 a 0 (11/7, 11/8 e 11/9). Eduardo Tomoike e Rafael Rosenberg também foram batidos por uma parceria argentina. Matias Guadalupe e Alexis Orencel fizeram 3 a 0 (11/6, 11/4 e 11/9), em duelo válido pela segunda fase.

Foto: ITTF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes