Judoca português relata duas tentativas de suicídio após perder na primeira luta dos Jogos Rio 2016

O judoca português Célio Dias fez revelações surpreendentes em entrevista concedida ao diário esportivo 'Record', de Portugal. O atleta esteve nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 com a expectativa de levar uma medalha, mas foi eliminado logo no primeiro combate - e aí começou sua descida para quase alcançar o fundo do poço.


"Eu não estava preparado para perder, eu não soube lidar com a frustração de perder com um adversário muito menos cotado logo no primeiro combate. Estava em grande fase e pensei que a medalha no Rio 2016 era certa", disse o atleta que atualmente está com 25 anos de idade. "Sofri um surto psicótico, perdi o contato com a realidade e comecei a produzir alguns sentimentos irreais", completou. 

Depois de passar por tratamento médico, Célio foi diagnosticado com um síndrome esquizo compulsiva e teve uma forte depressão. "Tentei me suicidar duas vezes, mas consegui superar isso e estou aqui para contar a minha história", avaliou o judoca, que ficou internado na ala psiquiátrica do Hospital Garcia da Orta, localizado na cidade de Almada. Ele teve uma recaída e terá que usar medicação para o resto da vida. 

Na entrevista, Célio Dias falou abertamente sobre a sua orientação sexual, dizendo que "sempre se entendeu como homossexual ", e aproveitou para dizer que fará de tudo para estar nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.  "Acho que vou conseguir. Tenho mais um ano para me qualificar e é nesse período que os resultados nas provas são mais valiosos no ranking", finalizou o atleta português.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes