Treinadora Sara Murray não deixará a seleção de hóquei feminino da Coreia do Sul após as Olimpíadas

A treinadora canadense Sarah Murray não irá abandonar a Coreia do Sul após os Jogos Olímpicos.

Sarah entrou para a história por ser a treinadora do time histórico de hóquei no gelo que uniu as duas Coreias em PyeongChang.

Esse foi o primeiro trabalho como treinadora de Sarah e a meta de treinadora agora é ajudar a desenvolver mais o hóquei no gelo na Coreia do Sul.

O pai de Sarah chegou a treinar duas equipes da NHL e a treinadora admitiu que seu pai é um grande mentor para ela.

A treinadora admitiu que o entrosamento da equipe foi melhor que o esperado.

"A química na equipe é melhor do que eu poderia ter previsto", disse Murray. "Eles riem juntas, comem refeições juntas, vou entrar no vestiário e todas estão rindo juntas".

Ela acredita que as jogadoras podem ensinar os norte-coreanos a se prepararem melhor para uma Olimpíada.

"As jogadoras do Sul ajudaram as jogadoras do Norte", disse Murray. "Elas se sentariam ao lado delas e ensiná-los. Depois de dois dias, as jogadoras do Norte sabiam mais do que as nossas jogadoras. Elas realmente estavam trabalhando duro. São as jogadoras que fazem isso funcionar."

Murray disse também que o time coreano está mais pronto emocionalmente.

Foto:AP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes