Ole Einar Bjørndalen, o Rei do Biatlo, espera ver sua compatriota Marit Bjoergen quebrar o seu recorde de medalhas olímpicas em PyeongChang

Uma das maiores lendas dos esportes de inverno, o biatleta norueguês Ole Einar Bjørndalen, se disse ansioso para ver o seu recorde total de medalhas conquistadas em Olimpíadas de Inverno ser batido nesta edição.  O "rei do biatlo" disse que os recordes são feitos para serem quebrados e quer ver a sua compatriota, Marit Bjoergen, superar seu recorde de 13 medalhas e se tornar a atleta mais condecorada da história dos Jogos de Inverno. Bjoergen ganhou sua 13ª medalha no sábado, levando o ouro para casa no revezamento feminino.

"Com certeza, eu quero ver sua vitória", disse Bjørndalen à Associated Press. "Será realmente incrível. A carreira que Marit teve foi realmente incrível. Ela é realmente forte. Ela está fazendo isso por tanto tempo e ainda hoje ela foi incrível no revezamento, então é ótimo que ela tenha mais duas chances de quebrar", afirmou.

Ele acredita que a biatleta que vai quebrar o recorde ainda nestes jogos. Há mais dois eventos femininos no esqui cross-country nas Olimpíadas em que Bjoergen disputará, o sprint por equipes na quarta-feira e a largada em massa no domingo. "Eu acho que ela ganhará pelo menos mais um ouro  e talvez mais duas medalhas (no total)", disse Bjørndalen.


Bjoergen, de 37 anos, disse que não vai se permitir pensar no recorde. "Quando você é um atleta e ainda está correndo, você está ansioso e não pensa no que você fez", disse Bjoergen. "Você está ansioso para a próxima corrida e se concentra nisso. Como eu disse antes, quando eu parar de esquiar, eu vou olhar para trás e ver o que eu fiz", garantiu a biatleta.

Foto: AP Photo/Hendrick Schmidt


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes