Brasil fica fora do pódio no primeiro dia do Grand Slam de Judô de Paris

O peso Ligeiro Phelipe Pelim teve o melhor desempenho entre os brasileiros neste sábado, 10, primeiro dia do Grand Slam de Paris. Pelim ficou em quinto lugar depois de sofrer o ippon frente ao britânico Ashley Mackenzie na disputa pelo bronze. Mais sete judocas brasileiros lutarão neste domingo (11), a partir das 7h.

Para chegar ao bloco final de disputas, o peso ligeiro brasileiro passou por Vincent Limare, da França, nas oitavas-de-final com um waza-ari, e pelo georgiano Lukhumi Chkhvimiani, nas quartas-de-final, com o ippon (três punições), garantindo-se na semifinal de uma das etapas mais fortes do Circuito Mundial da FIJ. Nesta fase, ele chegou a forçar duas punições ao usbeque Sharafuddin Lutfillaev, que reagiu com uma projeção perfeita para vencer o brasileiro por ippon.
Outros cinco judocas do Brasil lutaram na manhã deste sábado, mas não avançaram em suas chaves. De retorno à categoria de origem, a campeã olímpica Sarah Menezes estreou com vitória sobre a mexicana Edna Carrillo por ippon, mas não passou pela reveleção ucraniana de 17 anos Daria Bilodid, campeã europeia e finalista desta edição do Grand Slam de Paris.

Jéssica Pereira (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg) e Charles Chibana (66kg) caíram em seus primeiros combates. Pereira não passou pela frances Astride Gneto, e Valentim parou na campeã mundial júnior Uta Abe, do Japão, também finalista em Paris. Já Chibana e Ketleyn foram superados pelos chineses Zhiqiang Wu e Cuijuan Shi, respectivamente.

A competição continua no domingo com mais sete brasileiros no tatame: Samanta Soares (78kg), Rochele Nunes (+78kg), Camila Yamakawa (+78kg), Victor Penalber (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Eduardo Bettoni (90kg) e Rafael Buzacarini (100kg).

Foto: IJF





Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes