Atletas russos liberados pelo CAS seguem proibidos pelo COI de disputarem os Jogos de PyeongChang

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta segunda-feira que os atletas russos que tiveram suas punições por envolvimento com o doping revogadas pela Corte Arbitral do Esporte (CAS) na semana passada permanecem impedidos de disputarem as Olimpíadas de PyeongChang, que começarão esta semana. Entre os 28 atletas que foram liberados pelo CAS, 15 esperavam participar da equipe dos "Atletas Olímpicos da Rússia", sendo 13 como atletas e dois como treinadores. É provável que os atletas russos também apelem dessa decisão do COI.

"Enquanto o Painel de Análise de Convidados observou a decisão do CAS de 1 de fevereiro de 2018, também observou que o raciocínio completo para essas decisões não tinha sido tornado público", disse o COI ontem.  "O Painel destacou que seu papel, de acordo com a decisão do Conselho Executivo do COI de 5 de dezembro de 2017, não era estabelecer Violações de Regras Antidoping (ADRVs), mas confirmar que os atletas podem ser considerados limpos para um possível convite aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang 2018. Portanto, o Painel recomendou por unanimidade que o COI não estenda um convite aos Jogos Olímpicos de Pyeongchang 2018 aos 15 indivíduos solicitados pelo ROC suspendido (Comitê Olímpico da Rússia)” , afirmou o COI.

O COI afirma que a investigação de seu Painel de Análise de Convidados, presidida pela francesa Valérie Fourneyron, encontrou "provas adicionais" sobre esses atletas que não estavam disponíveis para a Comissão Oswald, que entregou os vereditos que foram revogados pelo CAS.

As novas provas "suscitaram suspeita sobre a integridade desses atletas". "A informação adicional incluiu dados da base de dados LIMS (Laboratory Information Management System), vestígios de substâncias proibidas, evidência de manipulação de esteroides e outras informações confidenciais fornecidas ao Painel pela WADA", disse o COI.

"Além disso, o Painel concordou que a decisão do CAS não levantou a suspeita de doping ou que o Painel tenha confiança suficiente para recomendar ao OAR IG que esses 13 atletas pudessem ser considerados como limpos".


As identidades dos atletas ainda não estão totalmente claras, mas inclui os principais russos, como o esquiador Alexander Legkov e os atletas do skeleton Alexander Tretiakov e Elena Nikitina.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes