Sem perder sets, Carol e Maria Elisa decidirão a etapa de Haia do Circuito Mundial de Vôlei de Praia

As atuais líderes do ranking brasileiro começaram 2018 com tudo. Maria Elisa e Carolina Solberg (RJ) venceram três jogos no sábado (06.01) e avançaram à final da etapa de Haia (Holanda) do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. A parceria superou jogos das oitavas, quartas e semifinal, e chega à decisão sem nenhum set perdido.

A final acontece neste domingo, às 11h35 (de Brasília), contra as norte-americanas Alix Klineman e April Ross. Será a primeira vez que as duas duplas se encaram, pois o time dos EUA foi formado no mês passado. Carol e Maria Elisa buscam o bicampeonato, já que em 2017 também venceram o torneio em Haia. Assim como neste ano, saindo do classificatório.

A vaga à final veio após vitória por 2 sets a 0 (21/14, 21/19) sobre as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli, em 55 minutos de duração. Maria Elisa analisou o bom momento ao lado de Carol e explicou a excelente relação que possui com a Holanda e os holandeses.
“O sentimento principal é de notar que Carol e eu estamos no caminho certo, nossas energias são parecidas e isso é muito importante. Tem sido assim desde o início da nossa parceria. Ainda não completamos nem um ano como time e já colhemos bons resultados, fico muito feliz com isso e queremos crescer mais. É esse o caminho”, disse Maria, que completou.

“Tenho uma paixão pela Holanda. Conheci uma família 14 anos atrás e eles se tornaram mais que amigos. Foram ao meu casamento no Brasil, aos Jogos Olímpicos, ficando em minha casa. Sempre vão aos torneios pela Europa, me apoiam. É muito especial. O pai da família faleceu dois anos atrás e sinto que ele está sempre comigo, um ‘anjinho’”.

Na primeira rodada do dia, pelas oitavas de final, Maria Elisa e Carol superaram sobre as polonesas Kociolek/Kolosinska por 2 sets a 0 (21/16, 21/8), em 32 minutos. Horas mais tarde, pelas quartas, vitória sobre as alemãs Kim Behrens/Sandra Ittlinger, também em sets diretos (21/18, 21/17), em 37 minutos de duração.

Outras duas duplas brasileiras acabaram eliminadas do torneio feminino neste sábado (06.01). Ágatha e Duda (PR/SE) foram superadas justamente pelas suíças Nina e Tanja nas oitavas de final, por 2 sets a 0 (22/20, 21/16), em 39 minutos de jogo.

Já Fernanda Berti e Bárbara Seixas (RJ) caíram nas quartas de final, ao serem superadas por 2 sets a 0 (21/16, 21/13), em 35 minutos, pelas norte-americanas Alix Klineman e April Ross. Antes, pelas oitavas, as brasileiras haviam vencido as também norte-americanas Kelly Claes e Sara Hughes por 2 sets a 0 (22/20, 21/19), em 38 minutos. Elize Maia e Taiana (ES/CE) acabaram deixando o torneio na primeira fase, por conta de uma lesão da capixaba.


Masculino
O dia foi de luta, mas eliminações para as duplas brasileiras em Haia. Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) acabaram superados nas oitavas de final pelos italianos Marco Caminati e Alex Ranghieri, após uma longa disputa decidida no tie-break (10/21, 22/20, 15/6), em 47 minutos.



Pedro Solberg e George venceram na repescagem, mas caíram na fase seguinte. No primeiro jogo do dia, vitória por 2 sets a 0 (21/17, 22/20) sobre os tchecos Perusic e Schweiner, mas nas oitavas o time foi superado pelos letões Plavins e Tocs: 2 a 0 (27/25, 23/21), em 47 minutos.

Foto: FIVB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes