Federação de ginástica dos Estados Unidos suspende treinador da seleção John Geddert em meio a julgamento de Larry Nassser

A Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA gymnastics) suspendeu nesta segunda-feira, 22 de janeiro, o treinador John Geddert, dono do clube de ginástica Twistars, próximo a Lansing, Michigan. A suspensão veio em meio ao julgamento do ex-médico da USA Gymnastics, Larry Nassar, acusado de abusar de mais de uma centena de crianças, adolescentes e mulheres da seleção norte-americana e da Universidade do Michigan, onde também atendia. Nasser se declarou culpado das acusações de abuso sexual envolvendo uma menina com menos de 13 anos e duas adolescentes da Twistars.

A USA Gymnastics não divulgou exatamente as razões para suspender Geddert, cujo único comentário veio em uma declaração em março passado, no qual disse ter "zero conhecimento" das alegações contra Nassar. Geddert foi um dos treinadores da equipe feminina dos Estados Unidos nas Olimpíadas de 2012, onde o time conquistou sua primeira medalha de ouro por equipe desde 1996.

Geddert teria trabalhado em parceria com Nassar por muitos anos. Nassar também atendia as ginastas dentro da Twistars, e todas as ginastas que treinavam no clube tinham que, obrigatoriamente, se consultar com ele. De acordo com os relatos de uma ex-atleta durante o julgamento, em uma das consultas em que Nassar abusou dela, Geddart chegou a entrar no consultório e a fazer piadas.


Geddert também foi o treinador pessoal da campeã mundial do Individual Geral de 2011 e medalhista de ouro olímpica por equipes de 2012, Jordyn Wieber, que na semana passada foi uma das vítimas que enfrentaram Nassar durante a audiência, juntamente com sua colega de equipe olímpica Aly Raisman.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes