Edson Bindilatti: "Ficar entre os quinze melhores já será um grande feito para nós"

O piloto Edson Bindilatti vai confiante para PyeongChang. Após ajudar a classificar o trenó de quatro e de dois lugares do Brasil para os jogos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro, Edson se monstra satisfeito com o feito conquistado: "Mostramos que chegamos no final da temporada de qualificação olímpica na melhor forma possível, tanto é que tivemos o melhor push na ultima competição. Particularmente (Se classificar para os jogos de inverno) é uma conquista muito importante, pois mostra exatamente a evolução e o comprometimento que tivemos nos últimos anos" Conta Bindilatti em entrevista ao Surto Olímpico.

Os integrantes do bobsled do Brasil voltaram ao país nesta semana para fazer a última série de treinamentos no NARSP (Núcleo de Alto Rendimento de São Paulo), encabeçado pelo treinador físico José Moraes: "Vamos fazer algumas avaliações e manter o treinamento de push, velocidade, força e potência, que são nossas melhores características. " explica Edson

Bindilatti também conta que conhece a pista de Pyeongchang por ter participado de uma etapa da copa do mundo de 2017 e analisa a pista: "Não é uma pista difícil, mas sim uma pista técnica, que tem duas, três curvas que se o piloto não tiver atenção, podemos perder muito tempo e consequentemente um bom resultado, pois o trenó perderá  muita velocidade"

Em comparativo aos Jogos de Sochi, Edson se mostra muito mais preparado para ser o piloto do trenó brasileiro: "O Edson que vai para Pyeongchang vem com uma experiência muito maior que a de Sochi, com um entendimento maior na pilotagem, na preparação do trenó e principalmente nas laminas a serem usadas de acordo com a temperatura do gelo. Em Sochi nós só tínhamos uma mesma lamina para treino e competição, o que dificultou um pouco nosso trabalho"

A expectativa é alta. Se o melhor resultado da história do Brasil no bobsled é um vigésimo quinto lugar  em Turim 2006, em Pyeongchang esse resultado será melhorado, segundo Edson: "Nossa expectativa é muito grande, temos condições físicas e técnicas para fazer um grande resultado para o Brasil. Queremos ficar entre os 15 melhores do mundo, o que já será um feito histórico para o Brasil na modalidade." e Bindilatti ainda aposta em um bom resultado no trenó de dois lugares, onde o Brasil estreará em jogos de inverno: "Tivemos um resultado muito expressivo no 2 man, principalmente no push, e isso fez com que criássemos uma expectativa bem alta no 2 man também. "



foto:Daniel Zappe/MPIX

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes