Equipe brasileira embarca neste sábado para o Mundial de Esgrima em Cadeira de Rodas

A Seleção Brasileira de esgrima em cadeira de rodas viaja neste sábado (4.11) para o Mundial de Roma, na Itália. A competição será realizada entre 7 e 12 de novembro, no hotel Hilton Rome Airport, e abrirá o calendário de grandes eventos internacionais da esgrima adaptada no ciclo que culminará nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

O Brasil vai à capital italiana com uma delegação composta por quatro atletas. O principal destaque é o campeão paralímpico da espada B (para atletas com menor mobilidade de tronco) em Londres 2012, Jovane Guissone. O gaúcho tentará sua primeira medalha em Mundiais e será acompanhado por Alex Souza, Lenilson Oliveira e Moacir Ribeiro, todos da classe A (atletas com mobilidade de tronco, amputados ou limitação de movimentos).

"Estou trabalhando para chegar a este Mundial de Roma e conseguir um belo resultado. Uma medalha seria também bastante importante para melhorar o meu ranking mundial, já que será uma das oportunidades de competir fora do Brasil", disse Jovane, que sofreu uma lesão na medula aos 22 anos causada por disparo de arma de fogo durante um assalto e perdeu os movimentos dos membros inferiores.  

A última edição do Mundial de Esgrima em Cadeira de Rodas foi em Eger, na Hungria, em 2015. No Mundial de Roma, 22 medalhas estarão em jogo ao longo dos seis dias de competição.

Abaixo seguem os convocados:

Alex Sandro Souza
Categoria: A
Jovane Guissone
Categoria: B
Moacir Manoel Ribeiro
Categoria: A
Lenilson Oliveira
Categoria: A

Foto: MPB/CPIX



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes