Decisão sobre banimento ou não da Rússia dos Jogos Paralímpicos de 2018 só sairá em dezembro

A decisão sobre se os atletas russos serão autorizados ou não a competir nos Jogos Paralímpicos PyeongChang está prevista para o final do ano.

O presidente do Comitê Paralímpico Internacional, Andrew Parsons, falando durante uma visita a Paris, disse na sexta-feira que a força-tarefa do IPC se reunirá em dezembro após uma reunião do conselho de fundação da Agência Mundial Antidopagem.

"Não posso especular, neste momento, qual seria o resultado", disse Parsons em uma teleconferência.

A equipe paralímpica da Rússia foi impedida dos Jogos do Rio como punição por um programa de doping com apoio estatal.

Parsons foi eleito presidente do IPC em setembro, substituindo Philip Craven, que liderou a organização por 16 anos.

Ele está em Paris em uma visita de dois dias para conhecer os líderes das Olimpíadas de Paris de 2024, bem como o primeiro-ministro Edouard Philippe, a Ministra dos Esportes Laura Flessel e a prefeita de Paris, Anne Hidalgo.

Observando que a venda de ingressos dos Jogos Paralímpicos de 2018 foi "pobre" até agora, Parsons disse que não prevê os mesmos problemas com Paris.

O dirigente elogiou os planos de Paris para 2024, dizendo que o forte envolvimento de ambos os "setores público e privado" é uma garantia de confiabilidade.

"A mobilidade é importante para o prefeito de Paris", disse Parsons. "As autoridades francesas estão interessadas em um nível muito bom de competição, mas também o legado que os jogos podem trazer a Paris".

A acessibilidade para as pessoas com deficiência no metrô de Paris e outros marcos da capital ainda está longe de ser otimizada, mas Parsons disse estar confiante de que pode ser melhorada até 2024.

"Em qualquer cidade do mundo, sempre há margem para melhorar quando se trata de acessibilidade", disse Parsons.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes