Estados Unidos e Argentina prontos para o Desafio Raia Rápida de Natação

As feras da natação mundial participam no próximo domingo (15) do Desafio Raia Rápida, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Os brasileiros Etiene Medeiros, Bruno Fratus e João Gomes Jr., além do italiano Fabio Scozzoli são alguns dos nomes mais badalados na competição. Além das estrelas já confirmadas, os times dos EUA e Argentina prometem belos confrontos dentro d´água. A equipe americana trará Anthony Ervin, bicampeão olímpico nos 50m livres. Já o destaque entre os hermanos é Federico Grabich, um dos melhores atletas da história da natação argentina. A disputa será no domingo, mas sexta-feira todos os atletas promoverão um treino aberto para a imprensa, além de participar de uma clínica de natação com crianças de projetos sociais. No domingo, os 16 nadadores competirão em provas individuais e por equipe nos 50m. Os brasileiros e americanos estiveram presentes em todas as edições desde 2012. Os italianos participam desde 2015, enquanto os argentinos farão sua estreia. Pela primeira vez, o Raia Rápida será disputado por homens e mulheres.

Time EUA
A sensação do momento é o americano Anthony Ervin, que conquistou o ouro nos Jogos Rio 2016 e repetiu o feito que havia conseguido em Sydney, nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, quando também venceu os 50m livres e ganhou a medalha de ouro. O experiente nadador dividirá a responsabilidade com Kendyl Stewart, bronze nos 100m borboleta no Pan-Pacífico de 2014. Hellen Moffitt é atual campeã mundial universitária dos 100m borboleta. Aos 22 anos, ela passa pelo melhor momento de sua carreira conseguindo pódios nas fortíssimas competições americanas e chegando a seleção dos Estados Unidos. No Raia Rápida, Hellen rencontrará Elena Di Liddo e Daynara de Paula, adversárias que venceu na Universíade. Chuck Katis, bronze nas 100 e 200m peito no NCAA (Campeonato Universitário Americano) em 2015, fecha a equipe dos Estados Unidos. Chuck idealizou uma organização sem fins lucrativos que leva mágicos para fazerem visitas e espalhar alegria para jovens pacientes com câncer. Ele começou o projeto em seu estado natal, Virgínia, e expandiu a ação para outros locais nos Estados Unidos. A equipe norte-americana lutará pelo bicampeonato no Desafio Raia Rápida.

Time Argentina
Participando pela primeira vez do Desafio, os argentinos tentarão surpreender os rivais. Com nadadores experientes e especialistas em seus estilos, eles virão dispostos a brigarem pelo título. Federico Grabich, do nado livre, é considerado um dos melhores atletas da história da natação argentina e já conquistou uma medalha de bronze nos 100m no Mundial de Kazan, em 2015. Já Andrea Berrino é uma grande conhecida do público brasileiro. Apesar de ser argentina, a nadadora, especialista em nado costas, compete no Brasil desde 2015 e inclusive venceu a prova dos 100m costas, no Troféu Maria Lenk, neste ano.

Completando a lista, Facundo Miguelena, nadador do estilo peito, é detentor de cinco recordes nacionais e também conquistou a medalha de bronze nos 100 e 200m no Sul-Americano de Mar del Plata, em 2014. E María Belén Díaz também é a atual recordista nos 50m borboleta, tanto em piscina curta, quanto longa. A atleta também é campeã sul-americana no revezamento 4x100m medley, em 2016, Assunção.

Foto: Sátiro Sodré


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes