Guilherme Schimidt leva ouro no Grand Slam de Budapeste


No segundo dia de competições na Hungria, Guilherme Schimidt levou a melhor sobre Saied Mollaei (Azerbaijão), atual número nove do mundo e vice-campeão olímpico, e ficou com o ouro na categoria 81 kg no Grand Slam de Budapeste, neste sábado (9). 

Este é o segundo ouro do judoca de apenas 21 anos em Grand Slams neste ano. Em abril, conquistou o primeiro lugar do GS da Turquia.

Na trajetória para o ouro, Guilherme derrotou o alemão Tim Gramkow na estreia, Askerbii Gerbekov (Bahrain) nas oitavas e o canadense Francois Gauthier Drapeau na fase seguinte.

A luta contra Mollaei foi equilibrada. No tempo normal, os dois adversários se estudaram bastante. Faltando 30 segundos para o fim do tempo regular, cada atleta já havia recebido duas punições.

No golden score, Schimidt conseguiu aumentar seu volume ofensivo e impôs dificuldade no jogo adversário. Mollaei levou o terceiro shidô e o brasileiro conquistou a vitória, além de 1000 pontos no Ranking Mundial.

Quinto lugar no feminino 

No feminino, Ketleyn Quadros (bronze em Pequim 2008), ficou fora do pódio da categoria até 63kg. A judoca perdeu o bronze para a venezuelana Anriquelis Barrios, número 3 do ranking mundial. Carvajal del Toro ficou com o outro bronze da categoria. A japonesa Megumi Horikawa levou o ouro e a polonesa Angelika Szymanska, a prata. 

                                  Ketleyn tenta dominar a adversária em luta no solo.

Guilherme conquistou a segunda medalha brasileira na competição. Na sexta-feira, Rafaela Silva já havia conquistado a prata na categoria até 57kg, após perder a luta para a  japonesa Haruka Funakubo.

Fotos: IJF/ Divulgação

Postar um comentário

To Top