Ex-medalhista olímpica Blessing Okagbare recebe punição adicional por tentativa de adulteração de amostras

 

A medalhista olímpica nigeriana Blessing Okagbare recebeu uma punição adicional de um ano, além da punição original de uma década por violações, como evasão de coleta de amostras e adulteração ou tentativa de adulteração do controle antidoping, de acordo com informações AIU.

Okagbare, que foi medalhista de bronze no salto em distância em Pequim 2008, recebeu em fevereiro uma dura suspensão de 10 anos da AIU por se recusar a cooperar com a investigação.

A severa punição pôs fim a carreira da nigeriana de 33 anos.

Okagbare não respondeu publicamente as novas acusações.

As novas violações custaram a Nigéria seu potencial lugar de qualificação no 4 x 100 m para o Mundial de Atletismo em julho.

“Ao longo dos anos, vimos repetidamente como as ações de uma pessoa afetam negativamente os companheiros de equipe que treinaram duro e trabalharam honestamente por seus resultados”, disse o chefe da AIU, Brett Clothier, em comunicado.

“Neste caso, a Nigéria perdeu uma importante vaga de qualificação; Essas são as regras e não vamos compromete a integridade”.

Foto: Divulgação

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top