Definida a equipe brasileira que irá aos Jogos Equestres Mundiais na Dinamarca



A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) confirmou a equipe brasileira de Hipismo adestramento que irá aos Jogos Equestres Mundiais entre os dias 6 e 14 de agosto na Dinamarca:  João Victor Macari Oliva, Pedro Tavares de Almeida e Nuno Chaves de Almeida representarão o Brasil na competição.

João Victor e Pedro são medalhistas pan-americanos e com participações olímpicas no currículo. Já Nuno, filho de portugueses nascido no Rio de Janeiro que passou a competir pelo Brasil em abril de 2022, fará sua estreia em competições internacionais representando o nosso país.

“O momento é especial e estamos muito contentes em contar com uma equipe desse nível. Temos o João entre os 50 melhores do ranking mundial, o Pedro subindo no pódio em concursos importantes na Europa e também o Nuno, que com muito pouco tempo de adaptação com o cavalo conseguiu rapidamente sua classificação”, destaca Sergio de Fiori, diretor de adestramento da CBH no ciclo olímpico até Paris 2024.   

Acompanha o Time Brasil, o técnico Norbert Van Laak, renomado treinador e cavaleiro alemão, com vasta experiência internacional. Há vários anos, Van Laak também treinava o cavaleiro top brasileiro João Victor Macari Oliva, atual nº 47 do ranking mundial. A chefe de equipe será Pia Aragão, renomada treinadora e premiada amazona, quatro vezes vencedora do Prêmio Brasil Olímpico.

A modalidade abre os Jogos Mundiais Equestres no dia 6 de agosto e terá como palco o Stutteri Ask Stadium, em Herning na Dinamarca, O Grand Prix será dividido em dois dias, 6 e 7, o GP Special acontece no dia 8 e o Freestyle dia 10.

O Adestramento fez parte do Mundial desde a primeira edição em 1990, em Estocolmo, Suécia. O Brasil, que soma quatro participações, estreou em 2002 nos Jogos de Jerez de La Frontera, Espanha, com o conjunto Micheline Schulze/Frapé. A partir de Kentucky 2010 passou a competir como equipe, registrando nessa estreia seu melhor resultado, 14º, com atletas não avançando além do Grand Prix.


foto: Luis Ruas/CBH

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top