Vinícius Rangel é campeão brasileiro de ciclismo de estrada e representará o Brasil no World Tour.

O ciclista brasileiro Vinícius Rangel, de 21 anos, se tornou campeão brasileiro de ciclismo de estrada neste domingo (26/06), pela prova de resistência nas categorias de elite e Sub 23. Vinícius, que defende a equipe Movistar, da Espanha, completou os 186,12 km de prova em 4h30min20 e conquistou a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada, que está sendo realizado em Palmas, no Tocantins. 


Os ciclistas tiveram que enfrentar o forte calor e a baixa umidade de Palmas para completar as 18 voltas do circuito montado para a realização da prova. Magno Prado liderou boa parte da prova e chegou a abrir quase um minuto de vantagem sobre seus adversários. Restando poucas voltas para o fim, o pelotão perseguidor formado por Vinícius Rangel, Cristian Egídio e Halysson Henrique conseguiu se aproximar. Na última volta, Vinícius atacou, deixou seus companheiros para trás e conquistou seu primeiro título nacional.


“Foi uma prova bem dura, sabia que não ia ser fácil, eu persegui, quase caí, voltei, persegui de novo. Meu sonho era correr com a bandeira do Brasil lá fora. Muito feliz que vou poder representar o nosso país”, vibrou o campeão.



Com o título conquistado por Vinícius Rangel, o Brasil voltará a ter um ciclista vestindo a camisa de campeão nacional no World Tour após 11 anos.


Completando o pódio, Cristian Egídio ficou na segunda colocação e Halysson Henrique conquistou a medalha de bronze. O campeão da prova de contrarrelógio, Lauro Chaman, terminou na quarta colocação. Pela categoria Sub 23,  a medalha de prata ficou com Pedro Figueiredo Leme e a medalha de bronze foi para Gabriel Sousa Silva.


FEMININO



A prova de resistência feminina foi disputada no último sábado (25/06) e Aline Cavaglieri se sagrou campeã nacional de ciclismo de estrada pela primeira vez. A ciclista gaúcha surpreendeu as grandes favoritas e completou os 113 km de prova em 3h25min54, apenas um segundo à frente da segunda colocada.


“Não tem como não ficar emocionada, a ficha ainda não caiu. Eu vim aqui para Palmas sozinha, ainda tive um problema na minha corrente nos quilômetros finais, mas acabou tudo dando certo no final e consegui manter uma pequena diferença suficiente para me tornar campeã”, declarou Aline Cavaglieri.


Wellyda Rodrigues fez a prova em 3h25min55 e conquistou a medalha de prata. O terceiro lugar ficou com Talita da Luz, que completou o percurso menos de um minuto depois. Ana Paula Polegatch, campeã da prova de contrarrelógio, ficou na sexta colocação.

Pela categoria Sub 23, Ana Vitória Magalhães, que já havia conquistado título da prova de contrarrelógio, completou o percurso em 3h26min05 e ficou com a medalha de ouro. Ana Vitória fez uma prova de recuperação após ter um pneu furado e precisar trocar de bicicleta.


"Eu sou carioca então o sol aqui de Palmas foi um fator positivo pra mim. O vento forte da cidade ajudou a selecionar o pelotão e tornar a prova ainda mais dinâmica, mas infelizmente precisei trocar de bicicleta e tive um pneu furado, isso acabou interferindo um pouco nos meus planos, porém, consegui terminar com a vitória e estou super feliz", comemorou Ana Vitória Magalhães.


A medalha de prata ficou com Ana Paula Finco e Vitória Santos Xavier levou a medalha de bronze.


CATEGORIAS DE BASE



Na categoria Juvenil, Joas Menezes foi campeão pelo masculino e Catharine Ehrmann venceu no feminino. Pelos Juniores, Victor Muraro e Ana Laura Moraes levaram a melhor em suas disputas. Na categoria Infantojuvenil, o masculino foi conquistado por Fabio Rodrigues Braga e Maite Vitória Coelho conquistou a medalha de ouro no feminino.


Fotos: Luis Claudio Antunes/CBC

Postar um comentário

To Top