U.S Open permitirá a presença de atletas russos e bielorussos



A organização do US Open, último Grand Slam do ano, anunciou nesta terça (14) que permitirá a presença de atletas russos e bielo-russos no torneio. A presença deles era dúvida, porque os Estados Unidos é o principal aliado da Ucrânia na guerra.


Banidos de Wimbledon, que começará em 27 de junho, eles participarão normalmente do Major estadunidense. Em abril, a organização do torneio inglês anunciou a proibição de tenistas dos dois países, o que foi mal recebido pela comunidade do tênis.


Em função disso, a ATP e a WTA decidiram que o Grand Slam londrino não valerá pontos para o ranking, que no masculino, tem a liderança do russo Daniil Medvedev. As duas federações liberam os tenistas dos dois países para continuar competindo nos torneios, desde que sob bandeira neutra.


Atual campeã da BJK Cup e da Copa Davies, a Rússia não pode tentar o bicampeonato em ambos os casos, pois a ITF decidiu suspendê-la das duas competições.


O US Open se iniciará no dia 29 de agosto e terminará em 11 de setembro. 

Postar um comentário

To Top